Português | English

Cartas

CAIO, ESTOU COM PRESSA...

CAIO, ESTOU COM PRESSA...

-----Original Message----- From: CAIO, ESTOU COM PRESSA... Sent: terça-feira, 18 de maio de 2004 19:01 To: contato@caiofabio.com Subject: Moisés e Caio Amado pastor, Estou com um pouco de pressa, pois tenho aula daqui à pouco. Estava pensando no que o senhor disse acerca da identificação que tem encontrado neste site, e de como as pessoas “se abrem”, e de como são sinceras. etc... Pensei também no grande número de pessoas que o senhor atende diariamente, além de se desdobrar em outros atendimentos, escrever e pregar e tudo o mais... Logo me veio à mente a figura de Moisés atendendo à porta da Tenda a multidão de pessoas, que lhe vinham ao encontro ouvir-lhe os ensinamentos e opiniões acerca de tudo o que existia naquele tempo no deserto. Tamanha era a afluência, que seu sogro Jetro aconselhou-o a dividir as incumbências, dizendo: “...não é bom que procedas assim“. Até que houve o arranjo divino à respeito da causa. Cheguei a algumas conclusões . Não havia, naquela afluência, somente pessoas problemáticas. Havia também as que agradeciam o conselho recebido, e diziam: “Obrigado!” Havia as que lhe traziam os filhos para abençoar. Havia as que vinham em casal agradecer o conselho matrimonial. Havia as que encontraram motivação após uma reunião com o grande líder. Havia as que o amavam e, que só queriam estar próximas. Havia as que não se afastavam da tenda (Josué) Havia as que lhe traziam presentes . Havia as que lhe traziam o almoço. Havia as que lhe traziam um bolo fresquinho e quentinho feito no forno. Havia as que lhe traziam poesias. Havia as que compartilhavam os sonhos e lhe perguntavam o significado. Havia as que leram todos os seus livros. Havia as que ouviram todos os seus discursos. Havia as que queriam ser ele . Havia as que achavam que não conseguiriam ser ele. Havia as que queriam gozar da intimidade que ele tinha com Javé. Havia as que dedicaram seus filhos com seu nome. Havia as que repetiam seus ensinamentos. Havia as que .... (desculpe , chegou a hora...) Finalizando. Deus sabia que ... (depois continuo...) Edmar ___________________________________________________________ Resposta: Meu amado amigo: Há! E Graças a Deus pela Internet. Sabe lá o que seria... Bem, no passado, eu vi como é; e digo: Jetro, você tem razão! E, sem dúvida, aqui sou mais edificado do que edifico, pois recebo pérolas de amor todos os dias...almoços virtuais, cafunés virtuais, abraços virtuais, e até coisas não virtuais como livros e vinho do Porto. Só não tenho os que se disponham a responder sem medo, e que falem às pessoas sem fazer média, e sem o temor de serem interpretados deste ou daquele jeito; mas apenas preocupados em falar de consciência humana para consciência humana, conforme o espírito do Evangelho. Se me aparecerem esses ajudadores, me será uma benção; pois são mais de oito mil os que esperam nesta fila, e que não para de crescer... Mesmo que eu não fizesse mais nada, não poderia atender a tantos. Então me encho de pena, pois há gente sofrendo...levando fardos que não precisam levar...pelo menos não tão sozinhas. Quando puder, continue... Nele, em Quem Continuamos... Caio