Português | English

Cartas

Caio: PRECISO DE UM PROPÓSITO PARA EXISTIR (III)

Caio: PRECISO DE UM PROPÓSITO PARA EXISTIR (III)

 

 

 

 

   

----- Original Message -----

From: Caio: PRECISO DE UM PROPÓSITO PARA EXISTIR (III)

 

To: caio fabio

Sent: Wednesday, June 04, 2008 4:14 PM

Subject: Caio: PRECISO DE UM PROPÓSITO PARA EXISTIR (II)

 

 

Li o seu texto sobre "Propósito" e não foi para mim nenhuma surpresa em regozijar-me com sua resposta.

Gostaria de lê-lo mais um pouco a cerca do assunto, então gostaria de comentar e perguntar:

É normal as pessoas entrarem em parafuso sobre o tal propósito, sinonimizando-o como direito obtido, uma vez que passamos a ser herdeiros em Cristo.

Então se começa a investigação frenética: “Preciso descobrir qual o propósito de Deus na minha vida”; “Se isso isto aconteceu, aconteceu porque Deus tem um plano nisso”; “Devemos buscar os melhores sonhos de Deus”; “Tal coisa não pode acontecer, porque Deus não permite que isso aconteça nos filhos Dele”; etecéteras.

A busca ao propósito ou sonhos de Deus é tão grande que automaticamente a fé deixa de ser o elo entre o Homem e Deus, pois uma vez que se tem um perímetro a galgar, um grau a alcançar ou algo a se obter através de técnicas, mentiras, propaganda enganosa e interesse individual, creio eu, que a fé é nula.

Deus sempre fala de fé, e fé que agrada a ele. Agora, como pode Deus ser o que muitos dizem por aí? Como pode agradar a Deus essa ganância religiosa? Por que muitos procuram encaixar Deus nas diversas manifestações da vida em nós (Deus tem haver como uma intervenção miraculosa na morte, no sofrimento ou na não intervenção)? Por que muitos querem encontrar justificativas para afirmar que Deus tem um plano especial e por isso fez alguém nascer cego e outro morrer tão precocemente? Todos têm como alvo uma miraculosa fatalidade? Por que muitos pensam que Deus tem que fazer o sol parar para todos os filhos dele? Se Deus “nada fizer”, é por que ele não tem plano nenhum?

De fato somos emburrecidos por nossa falta de entendimento.

Abraços e até a próxima!

_______________________________________

Resposta:

Meu amado mano Moisés: Graça e Paz!

Sim! Em geral as pessoas procuram “propósitos” como alvos objetivos, os quais supostamente Deus tem que bancar.

Entretanto, quando vejo Jesus e Seus ensinos, em momento algum o vejo falando desse tal “propósito” como sendo qualquer coisa além de se viver o propósito de Deus para o homem, que é fazer do homem um homem.

Vejo as pessoas querendo um propósito-objetivo de Deus em suas vidas sem ao menos desejarem o propósito essencial, que é fazer um homem nascer no indivíduo-homem.

Assim, resumindo, digo:

O propósito de Deus é nos encher de amor e fé, mediante cujas realidades nasce em nós o Homem segundo Deus.

Nunca vi Jesus dizendo qualquer coisa objetiva sobre quem quer que seja. E quando fala a Pedro sobre o futuro, apenas diz que ele deve viver em amor [cuidando das ovelhas de Jesus] e sem se comparar a ninguém, pois, o caminho de cada um é um mistério e ser vivido em fé [João 21].

Desse modo o propósito de Deus é fazer surgir nesses meninos e meninas aquilo que Paulo chama de “o novo homem, que se renova no entendimento segundo Deus”.

O que passar disso é exercício de “cartomancia profética”, a qual os “cristãos” amam tanto quanto a amam os pagãos sem Deus e sem Evangelho como entendimento.

Nunca soube de nenhum propósito de Deus para mim além desse de me fazer um homem em Cristo.

O que vai acontecendo é o modo como Ele, o Tapeceiro do Amor, vai costurando aquilo que acontece a mim, se ando em amor.

Paulo mandou amar a Deus e viver sem medo, pois, é no amor de Deus que todas as coisas se explicam.

Pois todas as coisas cooperam conjuntamente para o bem daqueles que amam a Deus, daqueles que andam segundo o Seu propósito”.

Desse modo, as coisas não são o propósito. O propósito se utiliza das coisas. As coisas são meios, mídias, instrumentos que Deus usa para forjar em nós o propósito. Este, porém, tanto existe como resposta nossa às coisas, como também se realiza na finalidade da resposta às coisas em amor, visto que o propósito é amar a Deus em tudo, posto que somente assim nasce o novo homem em nós.

Quem ama a Deus vive com propósito mesmo quando está na escuridão total!

O propósito é Cristo em nós a esperança da Glória!

Mais do que isto não se fala nada na Bíblia na qual leio.

Um beijo carinhoso!

Nele, que é o Propósito de nossa existência,

 

Caio

05/06/08

Lago Norte

Brasília

DF