Português | English

Cartas

BUSCANDO A DEUS NA COPA DO MUNDO!

BUSCANDO A DEUS NA COPA DO MUNDO!



 

 


----- Original Message -----
From:  BUSCANDO A DEUS NA COPA DO MUNDO!
To: contato@caiofabio.com
Sent: Monday, June 05, 2006 8:46 AM
Subject: oi caio estou na republica tcheca

 

Oi Caio!

Estou na república Tcheca. Em breve estarei indo pra Alemanha, assistir a copa do mundo. Estou com mais alguns amigos.

Estive no castelo de praga hoje. Vi diversos materiais arqueológicos muito interessantes. Acabei conversando um pouco de Jesus com meus amigos, mas bem menos profundamente do que gostaria. Mas foi conversa agradável,  tranqüila e leve.

Estou te escrevendo porque lembro sempre das pregações que tens feito no Caminho. E porque lembro sempre de Jesus. E gostaria que as palavras Dele fossem vivas em mim, à ponto de sentir o poder transformador dela em minha vida. Creio em seu poder. Mas estou ainda no caminho da espera. Caminho difícil...

Gostaria de experimentar o poder de sua ressurreição. Essa é a minha oração.

Fique com Deus!


Beijo carinhoso!

_____________________________________________________________________

Resposta:


Meu amigo querido: Graça e Paz!


Desejo de todo o coração que aproveite muito bem sua viagem, especialmente nessa contraditoriamente linda cidade de Praga. O nome é “praga” (para nós, em português), mas ela é maravilhosa aos olhos de qualquer um. 

Sobre a Copa, creio que se o Ronaldo se recuperar bem, fisicamente; e o Brasil for até o fim — provavelmente ele venha a ser o artilheiro desta Copa. E torço por ele. Pela perseverança do moço.

Sobre seus amigos e sua oportunidade de falar de Jesus, a qual você não achou suficiente, embora tenha dito que “foi leve e tranqüila”, digo a você: “Que Deus permita a você uma continua insatisfação, se isto significar que sempre que você venha a conversar sobre Jesus com seus amigos, isto acontecer de modo “leve e tranqüilo”; pois é assim que deve ser sempre; e, sobretudo, com sabedoria, a qual, nesse caso, é senso de propriedade no fazer as coisas.

Acima de tudo, seja você mesmo; pois as pessoas sempre haverão de respeitar mais o que você diz, se isso tiver relação com a aplicação que você faz daquele entendimento ao seu caminho; até nas suas próprias ambigüidades e eventuais e reais contradições.

Quanto a desejar que a Palavra arda em você, saiba: sem que seja um desejo neurótico, este também é o meu orar sempre. Sim, para que a Palavra de Deus arda meu coração!

Mas o que sinto é que você ainda carrega muita “neurose culposa da religião”; e, provavelmente, também algo do tempo emocional de sua experiência religiosa mais ansiosa por “coisas quentes de Deus” — com muita sensorialidade, e com muitos arrepios envolvidos no processo!

Ora, mesmo você já sabendo com a mente que a nossa vida com Deus é pela fé, e não pelas sensações ou emoções, ainda assim, você vive no estado psicológico do “sentir Deus”;— ao invés de apenas crer e confiar, com ou sem arrepios, andando como quem sabe que é de Deus; em confiança quanto ao Seu amor e cuidado para com você; e sobretudo, sabendo que ninguém e nem coisa ou poder algum, jamais o poderão afastar de Seu amor por você!

No momento em que a emoção do “sentir Deus” der lugar à confiança, então, você já não desejará sentir Deus, pois saberá que todo o seu próprio sentir já é “em Deus”.

É só um salto de confiança contra as fantasias da emoção auto-produzida — especialmente pela culpa —, aquilo que pode tirar você desse “sentir” que busca “sentir”... sempre!

Você tem que decidir e andar... Pela fé. Sempre em confiança. E sabendo que sua vida não acontece “fora de Deus”, mas em Deus. Por isto, todo o seu sentir é em Deus.

Ora, estranhamente, saber disto e assim caminhar, abre de modo espontâneo, um canal de muito mais emoção livre no “sentir Deus”, o qual passa a ser algo natural e sem ansiedade; e que acontece ora mais ora menos; posto que isto não é aquilo que determina a presença de Deus “em nós”; pois, agora, nós estamos presentes em Cristo, “em Deus”.

Se você apenas e simplesmente andar pela fé, tudo se resolverá. Mas se simplesmente não andar pela fé, nada terá jamais solução!

Creia nisto; e pratique. E você será feliz em tudo!

Aproveite bem a Copa. E espero que quando de sua volta todos nós já tenhamos 6 estrelas no peito!

Um grande beijo!


Nele, que nos chama a andar pela fé apenas,

 

Caio