Português | English

Cartas

BILLY GRAHAM É JOIO! – decreto de um fundamentalista raivoso

BILLY GRAHAM É JOIO! – decreto de um fundamentalista raivoso




----- Original Message -----

From: "BILLY GRAHAM É JOIO!" – decreto de um fundamentalista raivoso!

To: Caio Fábio

Sent: Friday, December 09, 2005 7:06 PM

Caio,

Recebi esse material de um irmão, li e fiquei impressionando. Não sei se você tem alguma informação a respeito do assunto.

Eis o texto:

Conheça o Verdadeiro Reverendo Billy Graham - Ele Não é a Pessoa Que Você Imaginava Que Conhecia!?

Em outra entrevista, o evangelista Billy Graham demonstra incerteza quanto à sua própria salvação. As evidências indicam que ele possa ser maçom, que seus frutos estejam levando a igreja ao sistema global do Anticristo e que suas doutrinas estejam afastadas da Bíblia.

A Nova Ordem Mundial está chegando!

Você está preparado?

Compreendendo o que realmente é essa Nova Ordem Mundial, e como está sendo implementada gradualmente, você poderá ver o progresso dela nas notícias do dia a dia!!

Aprenda a proteger a si mesmo e aos seus amados!

Após ler nossos artigos, você nunca mais verá as notícias da mesma forma. Agora você está na THE CUTTING EDGE.

Resumo da Notícia: "Graham Preocupa-se Que o Céu Possa Ser um Lugar Errado Para Ele", 2/1/2000, entrevista no Fox News, informado no boletim The Calvary Contender, volume XVII, de 15/1/2000.

"Em uma entrevista no Fox News, de 2 de janeiro, Tony Snow perguntou a Billy Graham: "Quando chegar ao céu, quem vai falar primeiro, você ou Deus?' Graham respondeu: 'Quando eu chegar lá, tenho certeza que Jesus me dará as boas-vindas. No entanto, acho que ele vai dizer: 'Muito bem, servo bom e fiel.' Ou talvez ele diga: 'Você está no lugar errado.'"

Fiquei pasmado e até senti um tremor na alma quando li que Billy Graham disse que Jesus Cristo poderá lhe dizer "Você está no lugar errado"!! De todos os frutos do Espírito Santo em nossas vidas, a certeza da salvação é o mais importante. O Espírito Santo literalmente inunda nossos corações com a firme certeza da salvação, como se já estivéssemos no céu. No entanto, aqui está o famoso evangelista Billy Graham dizendo que não tem certeza de sua salvação? A razão da sua insegurança com relação à sua salvação torna-se claramente evidente em sua resposta à próxima pergunta de Tony Snow.

Snow: "O senhor realmente se preocupa que possa ouvir que está no lugar errado?

Graham: "Sim, porque não sou um homem justo. As pessoas me colocam em um pedestal ao qual não pertenço na minha vida pessoal. Elas me acham melhor do que realmente sou. Não sou o homem bom que as pessoas pensam. Os jornais, as revistas e a televisão me transformaram em um santo. Mas não sou. Não sou a Madre Teresa. Sinto bem isso."

Comentário de The Calvary Contender: "O fundamento sobre como chegar ao céu não ficou claro nessa entrevista, e parece que é definido pelo homem, e não por Deus.

Anteriormente na entrevista, o testemunho da salvação de Billy Graham não mencionou o evangelho, mas falou sobre conhecer a Cristo no coração, e passar por uma grande transformação. Quando li isso, lágrimas vieram aos meus olhos. Aqui, em suas próprias palavras, está a evidência do que vimos observando há algum tempo. Ele "não é um homem justo" porque não foi lavado no sangue de Jesus.

Recentemente consideramos sua definição de "arrependimento" ... as "obras" de mudar e 'fazer melhor' e 'ser uma melhor pessoa'. Tentar fazer melhor 'daqui para a frente'. Ele não compreende o arrependimento como um "local" aos pés da cruz de Jesus Cristo (sem obras), onde possa então receber "a justiça de Deus" [Romanos 1:17, 3:5, 3:21-22; Filipenses 3:9] que provém da fé em Cristo [2 Coríntios 5:21, João 1:12] É um "dom" de Deus [Efésios 2:8]

Comentário da The Cutting Edge - Um cristão realmente nascido de novo - salvo genuinamente pela graça de Deus - ficaria confuso com essa afirmação aparentemente contraditória sobre ir para o céu ou para o inferno. Por um lado, Billy Graham parece reconhecer que Jesus vai recebê-lo e cumprimentá-lo pelo seu serviço, mas então, na próxima frase, expressa dúvida se Jesus o aceitará. Em seguida, diz que não é “um homem justo". No contexto cristão genuíno, essas duas afirmações parecem não fazer qualquer sentido. No entanto, se você assumir que Billy Graham é algo diferente de um cristão genuíno, essa afirmação começa a fazer mais sentido. Na verdade, se ele for maçom, então essas duas frases fazem um perfeito sentido.

O reverendo Billy Graham é maçom?

Considere as evidências: O Reverendo Billy Graham é Maçom? Essa terrível falta de certeza da salvação no fundo do coração de Billy Graham não é compreensível se ele for um cristão verdadeiro que está dependendo da justiça imputada por Cristo para ir ao céu; mas, se for maçom, então essa falta de certeza torna-se muito mais compreensível, porque os maçons dependem das obras da própria pessoa para ir ao céu. Portanto, não têm a certeza do Espírito Santo bem no fundo do coração, exatamente como todos os outros pagãos.

Resumo da Notícia: O Reverendo Billy Graham Aparece na Relação dos "Maçons Famosos" em dois sites maçônicos na Internet! Em 29-31 de maio de 1997, respondendo a uma informação de um dos nossos assinantes que Billy Graham era maçom, fiz uma pesquisa em sites maçônicos na Internet. Após alguns minutos, descobri dois sites que relacionavam o reverendo Billy Graham como um deles! Ele foi relacionado como um "Maçom Famoso" nos seguintes sites: 1.. Loja Genesee No. 174, Maçons Livres e Aceitos, Constituída em 11/1/1866. Sob a Jurisdição da Grande Loja dos Maçons Livres e Aceitos do Estado de Michigan, 755 South Saginaw Street, Flint, Michigan, Robert Orrison, Secretário, pg 3 de 7.

2.. Família Maçônica da Louisiana, Maçons Livres e Aceitos, seção "Maçons Famosos", relacionado em "Outros Maçons Famosos". Esse site relacionava muitos mais homens como maçons famosos que o site da loja Genesee. Não pude acreditar nos meus olhos ao ver esses dois sites maçônicos relacionando Billy Graham como um deles - não como um de nós - como disse Jerry Huffman, o editor do boletim The Calvary Contender. Veja, embora os maçons digam serem "cristãos", essa afirmação não tem nada que ver com a crença em Jesus Cristo, mas somente em uma crença em "Deus", o Grande Arquiteto do Universo. Eles confiam nas "boas obras" para habitarem eternamente nos céus. Não crêem somente na doutrina cristã, mas também nas doutrinas de todas as religiões pagãs antigas, especialmente os mistérios egípcios, que Deus amaldiçoou e julgou quando libertou os israelitas do Egito, sob a liderança de Moisés. Salvei esses dois sites maçônicos e imprimi as páginas, pois sabia que o nome de Billy Graham poderia - e provavelmente seria - removido imediatamente após eu divulgar o fato. No entanto, fiquei admirado com a rapidez com que o nome dele foi removido. Depois de apenas alguns dias, fui avisado que o nome dele não figurava mais nesses sites, e, quando os visitei para confirmar, realmente o nome tinha sido removido. A Associação Evangelística Billy Graham [BGEA] emitiu uma nota negando que Billy Graham seja maçom e o Louisiana Masonic Family retratou-se dizendo que por um erro, o nome de Billy Graham fora incluido na relação.

Agora, vamos retornar à afirmação aparentemente contraditória de Billy Graham na entrevista. 1) Ele espera que Jesus o receba nos céus com base em suas obras para o Senhor; mas, 2) Reconhece que suas obras podem não ser suficientes para garantir a entrada nos céus, o que fará Jesus lhe dizer que "está no lugar errado".

Essa afirmação é perfeitamente compreensível quando você considera que Billy Graham seja maçom; como todos os pagãos, eles acreditam que o destino eterno de uma pessoa depende de suas obras boas pesarem mais que as obras más na Balança da Justiça. Esta figura é uma descrição precisa da crença pagã do julgamento, conforme Graham expressou anteriormente. As boas obras da pessoa são colocadas em um prato da balança, enquanto que as obras más [os pecados] são colocados no outro prato. Se "as obras boas" forem mais pesadas que as "obras más", a pessoa vai para o céu. Se as "obras más" da vida da pessoa superarem as "obras boas", então a pessoa ouvirá do Mestre das Almas dos Mortos, "Seu lugar não é no céu".

Não é exatamente isso que Billy Graham expressou na entrevista?

Agora, examine a típica visão maçônica da Balança do Julgamento. A figura seguinte foi tirada do livro da Dra. Cathy Burns, Hidden Secrets of the Eastern Star [Os Segredos Ocultos da Estrela do Oriente] pg 74. Burns explica o significado egípcio dessa figura: "Essa cena de feitiçaria egípcia" é na verdade retratada no Trigésimo Primeiro Grau na Maçonaria, e a balança é um dos seus símbolos. Nesse grau maçônico, 'o candidato é trazido ao Tribunal dos Mortos para ser julgado por suas ações durante a vida e para determinar se merece habitar entre os deuses'. Nessa figura, o deus Hórus segura a mão da alma do falecido, levando-a a balança. Na mitologia egípcia, Hórus corresponde a Lúcifer!" Você pode ver que Billy Graham acaba de descrever esse conceito pagão de julgamento dos mortos em sua entrevista a Tony Snow? Ele tem a mentalidade de um pagão: acredita que Jesus o tomará pela mão, levando-o para a balança! Em um dos pratos da balança, serão colocadas as "boas obras" realizadas durante sua vida, sem dúvida seu trabalho nas cruzadas evangelísticas, enquanto que no outro prato, serão colocadas as "obras más". Se a balança pender para o lado das "boas obras", Billy Graham acredita que Jesus lhe dirá, "Muito bem, servo bom e fiel." No entanto, se a balança pender para o lado das "obras más", acredita que ouvirá Jesus lhe dizer: "O céu não é para você; está no lugar errado." E, exatamente como qualquer pagão, Graham está convencido que não saberá se vai para o céu ou para o inferno até que morra e compareça diante da Balança do Julgamento dos Mortos.

Essa afirmação de Billy Graham é absolutamente a "prova da arma quente" que temíamos encontrar, pois podemos determinar definitivamente se é trigo, ou se é uma falsificação, um joio; se é maçom ou não. Agora sabemos. Ele é uma falsificação, um joio e acaba de expressar a crença maçônica mais básica com relação ao seu destino eterno.

A verdade cristã é tão diferente.

Veja:

1.. "Quem nele crê não é condenado; mas quem não crê já está condenado, porquanto não crê no nome do unigênito Filho de Deus." [João >3:18]. Se Billy Graham realmente cresse na Bíblia que pregou ardentemente durante tantos anos, saberia que nenhum cristão realmente nascido de novo comparecerá diante do julgamento, onde Jesus Cristo decretará sentenças condenatórias; ao contrário, os cristãos comparecerão somente diante do Tribunal de Cristo, para receber seus galardões. [2 Coríntios 5:10]

2.. "Portanto, agora nenhuma condenação há para os que estão em Cristo Jesus, que não andam segundo a carne, mas segundo o Espírito." [Romanos 8:1]

3.. "Eu, eu mesmo, sou o que apago as tuas transgressões por amor de mim, e dos teus pecados não me lembro." [Isaías 43:25]

Nenhuma maior certeza da salvação e da eternidade nos céu é possível que pela palavra de "duas ou três testemunhas" –

Nos versos acima, temos Jesus Cristo falando, o Espírito Santo falando por meio do apóstolo Paulo, e Deus, o Pai, falando por meio do profeta Isaías. A própria confissão de Billy Graham da visão maçônica e pagã do juízo final coloca-o no campo do inimigo. No entanto, não devemos nos surpreender, pois os cristãos fundamentalistas vêm advertindo sobre esse estado de coisas há quase 50 anos, chamando a atenção para as evidências da apostasia de Billy Graham [seu afastamento da verdadeira fé].

Considere as seguintes evidências:

A Longa Apostasia de Billy Graham

A razão pela qual os cristãos fundamentalistas, como eu, não tinham nenhuma dificuldade em crer que Billy Graham pudesse ser maçom é que estamos soando o alarme há anos sobre sua apostasia. Sempre que alguém duvida que Billy Graham possa ser uma falsificação, pergunto com base em quê tem sua opinião sobre ele. As pessoas sempre respondem, "Em suas cruzadas evangelísticas". Sou o primeiro a admitir que o evangelho simples que Billy Graham apresenta em suas cruzadas oferece pouco a criticar. Ele parece apresentar o verdadeiro evangelho de Jesus Cristo. No entanto, seguindo o conselho de Jesus Cristo de examinar os frutos [Mateus 7:16-20], ficamos grandemente preocupados com as ações de Billy Graham fora de suas cruzadas.

Etc... etc... etc... e tal...

_______________________________________________________


Resposta:

Meu irmão: Graça e Paz!

Paro por aqui a transcrição do resto da “argumentação” desse “Pitbull doutrinário” que chama para si mesmo grande juízo acerca do que diz, critica, julga, condena e decreta sobre a alma do irmão, reverendo Billy Graham, chegando a cometer a grande blasfêmia de dizer que “agora” já está claro que o “Billy é joio”.

Ora, a menos que o “Pitbull” seja um dos anjos que separam joio do trigo, e, a menos que Jesus já tenha voltado e ninguém tenha ficado sabendo, o que esse homem disse é pecado e blasfêmia contra a alma de seu próximo, e grande transgressão contra o ensino do Evangelho!

Tenho criticas de outra natureza a fazer sobre o reverendo Billy Graham, mas todas elas têm a ver com o alinhamento cada vez maior dele com as ideologias americanas, especialmente da década 80 para cá, e, também, sobre sua rendição ao culto que a organização dele tem tentado fazer da “imagem” dele todos esses anos; e, se ele começa a desfazer essa “imagem de santo americano”, bem-aventurado seja! Afinal, um homem com a vontade de pregar a Palavra que ele teve e tem, não deveria deixá-lo envelhecer dessa forma, pois, eu sei em meu ser que ele é um homem gente boa de Deus.

No entanto, uma coisa é discordar do posicionamento político-ideológico dele, e, outra bem diferente, é decidir se o homem é de Deus ou não, se está na eternidade com Jesus ou não, e, sobretudo, se, em razão de uma suposta ligação dele com a maçonaria, ele estaria ou não já no inferno.

O texto do Pitbull é um “evangelho do inferno”. O cara até torce para que ninguém entre os “liberais” se converta. Já nem pensava que tais seres jurássicos ainda perambulassem pela terra com a mesma cara!

O reverendo Billy Graham passou a vida pregando a Cruz e o Sangue e a justificação pela fé. Minha vida foi muito abençoada pela fidelidade dele ao testemunho da simplicidade do Evangelho.

Pelo amor de Deus! Esse fundamentalistazinho invejoso e perverso que o julga, receberá sobre si mesmo os critérios de julgamento que ele exerce sobre a “eternidade” de um irmão! Isto sim é mais perigoso do que ser maçom; o que eu não sou e jamais serei!

A resposta de Billy ao repórter foi simples: num tempo de tanta arrogância “fundamentalista” como a desse “Pitbull”; e, num tempo de um cristianismo moral, fundamentalista e jactante, o que Billy fez foi colocar-se sob a mão de Deus, sem “certezas fundamentalistas”, não porque não creia que está em Cristo, mas sim porque desejava fazer duas coisas boas: a primeira era desconstruir a imagem de “justo e santo” que os evangélicos criaram para ele nos States e no mundo; e, em segundo lugar, desejava chamar os milhões de cristãos jactantes e triunfalistas da América para a “humildade”. Apenas isto!

Com relação à maçonaria, eu digo, sem medo:

Se até evangélicos podem ir para o céu, e se até muitos dos mais enganados pregadores da terra podem ir para o céu, por que, então, um maçom não pode?

Para mim, heresia por heresia, as evangélicas são muito mais perversas e malignas, pois, pela nomenclatura e pela utilização de símbolos cristãos, elas produzem um clima de aceitação das maiores negações da Cruz e da Graça, assim, enganando até mesmo os próprios eleitos.

Não sou e jamais serei maçom, como já disse. E creio que toda aquele que entendeu o evangelho mesmo não consegue mais fazer parte da maçonaria; e, em alguns casos, como hoje se vê aos milhões, não consegue nem mesmo mais fazer parte da “igreja”, tamanha é a perversão praticada “contra Jesus” em “nome de Jesus”.

Eu teria um livro a escrever sobre as panaquices desse articulista fundamentalista binladeneano!

Mas vou ficar por aqui...

Eu conheço o reverendo Billy Graham, sua esposa Ruth, filhos e até netos. Conheço também, e bem, o Leighton e a Jeanny; o primeiro, meu amigão; e, a segunda, é mulher dele e irmã do Billy.

Assim, as criticas que faço à postura ideológica do Billy não vêm de artigos na internet, mas de conhecimento pessoal.

Ora, é justamente pela intimidade pessoal que sei que o reverendo Billy Graham pode ser acusado de ser “excessivamente diplomático e alinhado com o poder”, mas é apenas até aí que se deve ir... e o que passar disso é pecado e blasfêmia contra a alma de um homem de fé, e que hoje já é uma figura rara nesse circo de fundamentalistas sem amor (como o ser binladeneano que escreveu o artigo) e de lobos vestidos de ovelhas, os quais têm sido instrumentos do diabo no meio dos cristãos e da “igreja”.

Ora, como já disse minhas, críticas ao reverendo Billy Graham são todas vinculadas a “excessivas diplomacias”, o que parece estar acabando, e permita Deus que sim!

Fé sincera em Jesus é o que sempre vi no reverendo Billy Graham!

Eu sei que estarei ao lado de irmão Billy na eternidade, e, sinceramente, espero que os "pitbulls" se convertam de suas arrogâncias e, assim, não fiquem na companhia dos que do “lado de fora” dirão: “Abre-nos a porta!”

O Caminho mais certo para o inferno é viver para torcer que ele fique cheio de gente!

Receba meu abraço apertado e meu carinho!

Nele, em Quem o reverendo Billy Graham, você e eu, com todos os nossos erros, estamos e sempre estaremos justificados,


Caio