Português | English

Cartas

BEIJA-FLORES E COLIBRIS NA BUGANVÍLIA

BEIJA-FLORES E COLIBRIS NA BUGANVÍLIA

 

 

 

 

----- Original Message -----

From: BEIJA-FLORES E COLIBRIS NA BUGANVÍLIA

To: contato@caiofabio.com

Sent: Friday, June 08, 2007 5:22 AM

Subject: Beija-flores e colibris na Bungavília

 

 

Hei Caio, bom dia (ou boa tarde, sei lá),

 

Espero que esteja tudo bem com você e os seus, apesar da constante correria.  Eu que corro bem menos terei que entrar no tubo da Endoscopia Digestiva Alta.  Ai, ai...

 

Bem, estou aqui e não poderei lhe falar pessoalmente, aí no Encontro dos do caminho em BSB.

 

Mas, assim que li seu texto "Encontro e Quietude", e fiquei um pouquinho inquieto.  Um pouquinho só porque posso chover no molhado. Mas você diz no texto assim: "E o néctar dos beija-flores e colibris precisa ser reabastecido todas as manhãs, pois a quantidade desses bichinhos também é enorme num dos cantos do jardim, numa Buganvília que ficou com carinha de capela, cheia de anjos de asas agitadas e abertas — os beija-flores e colibris". Daí que eu já tinha ouvido falar sobre os malefícios do açúcar e do mel, que fermentam e causam diversos males a esses bichinhos lindos.  .

 

No entanto você pode estar afirmando ali no texto que eles se alimentam da Buganvília.  Daí desconsidere o motivo primeiro deste e-mail.

 

Veja abaixo um pedaço de um texto que tirei desse site aqui:

 http://www.petbrazil.com.br/bicho/aves/20.htm 

 

Nele há algumas outras coisas muito interessantes a respeito dos beija-flores.

 

Ah, olha, nos reunimos dia desses aqui em Muriqui num encontro com a despretensiosa pretensão de sermos uma Estação.  Mas é tudo muito inicial ainda.  Enquanto isso a gente caminhando de-vagar.

 

 

Bjão,

 

Vando

 

____________________________________________________

 

Resposta:

 

 

Amado amigo Vando: Graça e Paz!

 

 

Vá com calma mesmo. Esses problemas digestivos podem ter forte ligação com tensão, stress, e outras formas de “nervosismo”. No mínimo eles se agravam em tais estados.  

 

Já fiz algumas endoscopias e outros exames do gênero. Hoje em dia você nem sente mais... Mas no passado entrava ao vivo e a cores... Digo: metiam o tubão sem anestesia. Nesse tempo era brabo. Das últimas vezes que fiz, todavia, só senti que estava acordando. Nada mais. Totalmente tranqüilo.

 

Pena que você não veio. Tem muita gente querida aqui e está sendo uma maravilha. As palestras estão sendo transmitidas ao vivo na radio do site. Ontem eu falei. Hoje cedo falou o Marcelo. Agora estamos divididos em grupos, por região. Hoje à tarde a Adriana falará, às 15 horas. Será transmitido ao vivo. À noite serei eu. E assim vai... Até domingo à noite. Tente ouvir.

 

Sobre os beija-flores e colibris, de fato eles começaram a vir em razão das Buganvílias que há aqui em casa. Mas passei a colocar néctar natural de flores em tubinhos, e, então, eles vieram aos montes. Virou uma cidadezinha deles. Mas tem tanta água, tubinho e flores, que raramente os vejo brigando. Todavia, aqui e ali há alguns que se sentem os donos do pedaço. Entretanto, devo dizer que beija-flor é lindo até quando briga.

 

Eles, todavia, gostam mesmo é de chuvinha. Você põe um sprinkler chovendo fino na direção das plantas, e eles ficam loucos de alegria... Param no ar banhando-se aos montes. É um sonho de tão belo que é.

 

Eu sabia dos males do açúcar, por isso perguntei a um especialista o que poderia ser dado a eles sem prejudicá-los. Ele me indicou o néctar natural de flores; além das flores, é claro.

 

Vá firme com a moçada em Muriqui; pois, há muito povo para ser ganho pro Evangelho aí. Seja intrépido e corajoso. E não peça licença para pregar. Também não defenda o “Caminho”. Não perca tempo explicando para quem só quer discutir e altercar. Pregue a Palavra. Ore com os doentes. Aconselhe os aflitos. E o mais Deus fará.

 

Receba meu carinho!

 

 

 

Nele, em Quem temos toda nossa alegria,

 

 

 

Caio

 

08/06/07

Lago Norte

Brasília