Português | English

Cartas

ATÉ PRA SERVIR TEM QUE PAGAR?

ATÉ PRA SERVIR TEM QUE PAGAR?

-----Original Message----- From: ATÉ PRA SERVIR TEM QUE PAGAR? Sent: quarta-feira, 14 de janeiro de 2004 11:54 To: contato@caiofabio.com Subject: ME AJUDE... Mensagem: Amado pastor Caio, Estou como muitos em crise espiritual. Me converti com um pistola na cabeça...mas Jesus veio ao meu encontro...e é a mais maravilhosa experiência da vida... Mas comecei a me congregar... tudo lindo na minha mente: igreja, pastores, irmãos... Anos passaram... Deus na sua misericórdia deu-me unção para ministrar a Palavra... Por falta de sorte, não sei, conheci o que está “por trás”, nos bastidores...e parei de dizimar. Também me endividei...os líderes disseram que quem não dá o dízimo não tem direito de sequer votar sobre alguma coisa... O tratamento comigo e para com minha esposa por não termos recursos, é assustador... Dizem que nos amam, mas na prática nada prova isto, como eu um dia ouvi de alguém: aquele que diz que ama, mas suas atitudes não demonstram isso, está longe do verdadeiro amor... Estou querendo sair da minha congregação e ao mesmo tempo continuar... O pior é que não tenho ninguém para conversar; se eu falar com os pastores eles vão dizer para que eu é que estou doente... Minha vida espiritual está uma droga, não consigo nem mais orar; neste momento meus olhos se encheram de lágrimas... Há três meses que nós não vamos à igreja...e nem um telefonema, nada, nada mesmo... Conhecemos os pastores há muitos anos, e quando vamos a casa deles para alguma coisa, somos atendidos na rua... Minha esposa foi fazer um gabinete de “cura interior”... entrou e ficou na varanda, debaixo da chuva e do frio da noite... foi com problemas na alma, saiu com a revolta no coração... Se puder, socorra-nos. Obrigado pela sua existência. Com carinho e amor. *************************************************** Resposta: Meu amado: Paz e Segurança! A Igreja de Cristo não é assim. Nela tudo é de graça, e o dinheiro vem como oferta de gratidão, e fruto da consciência de quem é abençoado, e que também pode contribuir para manter aquilo que o ajuda e faz bem. O que você me descreveu parece com um terreiro de macumba dos piores; aqueles dirigidos por charlatães! Não perca mais o seu tempo aí. Esse será apenas um caminho de amargura e decepção. Deve haver outras igrejas melhores em sua cidade. Não deixe de se congregar, mas não se congregue em qualquer lugar. Há lugares que é melhor não freqüentar, mesmo que tenham o nome e a placa de “igreja”, pois, muitos deles, fazem muito mal. As más pregações e os maus ensinos corrompem a fé, e remetem o coração para o engano e a frustração. Leia o site. Há aqui farto material para edificar você! Um beijão, Caio