Português | English

Cartas

ANGOLANO ESPERANDO A HORA...

ANGOLANO ESPERANDO A HORA...

-----Original Message----- From: ANGOLANO ESPERANDO A HORA... Sent: terça-feira, 9 de dezembro de 2003 17:43 To: contato@caiofabio.com Subject: NÃO SEI O POR QUÊ... Mensagem: Caro Reverendo. Após ter obtido vosso contacto, decidi escrever-vos pedindo conselho. Sou Angolano. Conheci Jesus em 1991. Nunca me sobrou a mínima dúvida de que não tivesse tido um encontro real com o Senhor. Meu amor e fervor por Cristo foi tão grande, que num curto espaço de tempo o mundo deixou de ter algum significado para mim. Deus chamou-me a trabalhar em tempo integral. Muito cedo o Senhor começou a fazer coisas maravilhosas que deixavam-me assustado. Comecei com vários trabalhos tendo eles todos crescido grandemente; até que fui enviado a uma cidade que dista cerca de 1000 km de Luanda. Peguei uma igreja com cerca de 20 pessoas desde 1993. Deus abençoou-me tão grandemente que desta igreja nasceram outras 30, e mais a nação Namibiana, onde plantei mais três igrejas. Nossa igreja cresceu tanto... tanto.... Infelizmente desde o ano de 2000 começou a verificar-se um espírito, que não sei como identificá-lo, mas sei que é mau. Levantou-se um temporal tão grande contra mim, o que me levou a não conseguir o pretendido. Tiraram-me de lá! Sendo a obra de Deus, saí satisfeito, sabendo o que Deus tinha feito através de mim. Daí fui para Moçambique e agora estou na África do Sul - Johannesburg. Reverendo, não é tanto pelas injustiças vividas. Mas sim o que vejo a ser feito para o prejuizo de meu Ministério. Estou trabalhando de uma forma frustrada e angustiada. Falta-me a satisfação de poder ver-me realizado. Sei que Deus Lhe falará. SEJA O QUE FOR ESTOU PRONTO A OUVÍ-LO. Estou servindo num outro Ministério, que o senhor bem conhece. Respeitosos Comprimentos. Obrigado! ************************* Resposta: Meu amado: Paz! No Senhor não há portas fechadas. Há uma canção que diz: Portas que se fecham, são como portas que se abrem; se abertas ou fechadas por Deus... Somente Deus sabe do quê Ele está nos salvando quando nos liberta de nosso próprio sucesso! Você já imaginou se não fosse o “temporal”? Você pode se imaginar aquele pastor poderoso? cheio de “servos”? dono de uma grande denominação? sendo glorificado como um reizinho? virando empresário de igrejas? Bem, para a maioria esse é o objetivo! Mas se você e Deus têm essa “coisa”—esse borogodó, como a gente diz aqui no Brasil—, então, meu amado, Deus não lhe permitiria esse mal. O que você hoje chama de seu insucesso ou impedimento, pode estar sendo a sua salvação ministerial. Nada pode nos separar do amor de Deus. Leia Romanos 8 e veja isso! No entanto, observe que naquela lista de coisas que não nos podem separar do amor de Deus, Paulo falou de tudo, menos do passado. O passado, pela sua própria natureza irreversível, já não é, mas tem o poder de não deixar ser. Você já imaginou se ao invés de estar aqui respondendo a milhares de Cartas—somente hoje há mais de 3200 na minha caixa postal—, eu estivesse choramingando pelo meu passado. E, olhe, meu amado amigo: eu tive um Passadão! Cheio de realizações e vitórias! Eu, todavia, vejo o passado no passado, com gratidão. E me dedico ao Hoje com o meu melhor coração. É normal ser fiel no pouco, para então se ser colocado sobre o muito. Mas essa ordem também pode ser invertida: Deus pode nos dar muito, tirar tudo, nos deixar com quase nada, e ver como a gente o serve! Pode ser que depois Ele nos ponha sobre o que é grande outra vez. Mas pode ser que não! O que é grande e o que é pequeno não são medidos por Deus com critérios humanos. Por exemplo, o maior trabalho de minha vida eu estou fazendo hoje, sem todo o aparato de conforto e serviço que as centenas de pessoas que trabalhavam comigo me forneciam. Hoje eu faço quase tudo só! Tenho que sentar aqui, olhar para essas milhares de cartas, e dar uma ordem ao meu coração: Você pode até não conseguir responder a todas, mas a todas que você responder, faça-o de todo o seu coração! A gente tem que aprender com Jesus: Para ver a Transfiguração Ele levou três pessoas. Mas para vê-lo nu, na Cruz, o mundo todo foi convidado! Suas perdas certamente serão os seus maiores ganhos. Paulo queria ir à Bitínia (Atos 16), mas o Espírito do Senhor não o permitiu. Graças a Deus. Pois se ele tivesse ido à Bitínia, não teria ido a Filipos (carta aos Filipenses), à Corinto (Duas cartas aos Coríntios), à Éfeso (uma carta linda), etc... Não fosse também a prisão onde ele foi posto, nós não teríamos as Cartas pastorais que ele escreveu. Sim! Meu amado! Sem a Ilha de Patmos, onde estaria o Apocalipse? Alguém teve que ser exilado no fim do mundo para que o mundo soubesse de seu fim! Portanto, entregue tudo ao seu Senhor! Ele sabe o que está fazendo com você. E, por trás de tudo, há um bem maior! Receba meu beijo e carinho! Nele, que nos envia, Caio