Português | English

Cartas

ANDO PRATICANDO COISAS TARADAS EM MINHA MULHER..

ANDO PRATICANDO COISAS TARADAS EM MINHA MULHER..

--------- Mensagem Original -------- De: ANDO PRATICANDO COISAS TARADAS EM MINHA MULHER... Para: contato@caiofabio.com Assunto: Contato do Site : Confidencial Data: 26/09/04 20:06 Mensagem: Sou evangélico há 15 e casado há 5 anos. Antes de ser crente tive fortes experiências homossexuais. De uns tempos pra cá, tais lembrança me possuíram e já fiz sexo com minha esposa introduzindo objetos no ânus, além de convencê-la a me masturbar anal(mente). Tais práticas fazem-me carregar culpa, tem atrapalhado nossa comunhão e me sinto falso cristão. O que faço pra me controlar ? ________________________________________________________ Resposta: Querido amigo: Graça e Paz! O que fazer? A primeira questão é o que não fazer. Primeiro pare de fazer o que você está fazendo. Sua esposa precisa de um homem, não de um cara que envia coisas nela, ou que pede a ela que enfie coisas nele. Segundo, pare de pedir a ela que faça tais coisas em você. Quanto mais você fizer, mais compulsivo você se tornará. E ela perderá completamente o prazer em você. O que fazer? 1. Procure uma psicoterapia com urgência e ponha esse "bicho" pra fora. Trate isso com verdade. Existe muita chance de você não ser gay, mas de estar apenas vivendo uma estação de insatisfação sexual e emocional, e, em razão disso, resgatando na alma antigas sensações. 2. Discirna com verdade "qual é a sua". Caso você descubra que é gay, melhor será se separar de sua esposa, do que fazê-la viver esse inferno com você. Digo "inferno" porque para ela será um inferno mesmo. Portanto, se seu caso for outro, não a ponha nesse jugo desigual. 3. A carne se alimenta da carne. A tara, da tara. Tudo se alimente de seu correspondente. Portanto, caso você não queira alimentar essa dimensão em você, não dê de comer a ela. Se você estimular esses desejos, eles crescerão ilimitadamente. E não precisa ser porque você seja gay, mas sim porque você alimentou o desejo, e o radicou em você como habito e vício. Com relação a se sentir um falso cristão, saiba, não existem cristãos. O único cristão foi Jesus. Nós somos apenas discípulos Dele. No entanto, quem entre nós é cristão? Nós queremos ser cristão, e nos confessamos cristãos. Todavia, mais honesta seria que todos nós disséssemos que desejamos ser cristão, posto que confessamos a Jesus como o Cristo. Assim, meu querido, falso cristão é todo aquele que diz ser cristão, como se fosse um cristinho. Isto sem é farsa! Você e eu somos discípulos de Jesus com forte desejo de crescermos no processo de cristificação! Quanto ao mais, leia o site. Pela sua carta, vi que você não anda muito por aqui. Caso você entre no site de cabeça e leia o que nele existe com toda atenção, você encontrará, por você mesmo, a solução. Esta resposta é apenas uma proposta para que você leia o site. Receba meu carinho e minhas orações. Nele, Caio 26/09/04 20:06