Português | English

Cartas

AMO E FICO PERTURBADO COM A ORDEM DE  MELQUIZEDEQUE

AMO E FICO PERTURBADO COM A ORDEM DE MELQUIZEDEQUE

 

 

 

 

 

 

----- Original Message -----

From: AMO E FICO PERTURBADO COM A ORDEM DE MELQUIZEDEQUE  

To: contato@caiofabio.com

Sent: Monday, June 18, 2007 3:18 PM

Subject: George Harison e a Ordem de Melquizedeque

 

 

Caio

 

 

No começo do ano você escreveu sobre "Um clamor musical da Ordem de Melquizedeque", onde destaca a busca de George Harison de Deus, mas numa religião Hindu. E você disse que embora buscando errado, ele O encontrará.

 

Sinceramente eu cri no que estava escrito, mas não entendi por que... meu coração ficou feliz mas minha cabeça confusa... Sei lá o que sinto...

 

Às vezes nem sei qual pergunta seria a mais adequada, mas na minha cabeça talvez a salvação esteja ligada somente à religião cristão-judaica e a Bíblia. Tudo o que está fora disso está perdido e vai para o inferno...

 

Meu Deus, sei que não dá pra acreditar muito nisso... pois seria limitar Deus a tão poucos, a salvação e a revelação Dele a só alguns. No que você crê? Me ajude a entender...

 

Lembrando de todo a minha herança pentecostal/neo-pentecostal, sei que você pode me ajudar a entender esse conflito porque você sabe o se prega nesse lado evangélico.

 

Eu quero entender, tenho sede de saber, não para saber, mas para me livrar das amarras da religião sobre minha consciência.

 

Um grande abraço

Roberto Lima

Sta Bárbara d'Oeste

 

_________________________________________________

 

Resposta:

 

 

Roberto, meu mano no Reino: Graça e Paz sobre sua vida!

 

Primeiro vamos ao que lhe aconteceu ao ler o que escrevi.

 

Seu espírito disse amém, mas sua mente condicionada pela religião e sua avidez de exclusivismo na salvação ou na eternidade, fez você sentir algo ambíguo; pois, de um lado, como você ama a verdade, seu coração-profundo se alegrou na Graça; porém, como sua mente está ainda condicionada à religião e seus dogmas de exclusivismo, você se sentiu mal por estar alegre, como se sua alegria pela extensão do amor de Deus o fizesse trair ao próprio Deus, ou, como é para alguns, trair seu próprio esforço ou dedicação, que teria sido “pra nada”, segundo alguns, já que alguém pode estar em Cristo mesmo sem saber.  

 

Quanto à Ordem de Melquizedeque, leia aqui no site o que já existe. Vá em Busca e escreva os temas relacionados e você encontrará muita coisa.

 

No entanto, o que creio é que cada um será julgado pela luz que de fato teve, descontadas todas as intromissões dos traumas, condicionamentos religiosos, tempos, culturas, épocas, circunstancias, oportunidades, etc.

 

Ou seja: cada um será julgado pelo que soube de fato que era verdade, e, no coração, assim mesmo, rejeitou; pois, se tiver acolhido a verdade, livre está de juízo.

 

A Ordem de Melquizedeque é o Sacerdócio Universal de Cristo por todos os homens, e, especialmente, por todos os homens que vivem segundo a fé; ou mesmo sem informação dela, mas que buscam viver no caminho do que é bom, humano, misericordioso, justo e simples em sinceridade. Sim! Em qualquer tempo ou em qualquer lugar da Terra!

 

A Ordem de Melquizedeque existe porque o Cordeiro foi imolado antes da fundação do mundo por toda criatura e por toda criação.

 

Assim, a Cruz é o centro da Ordem de Melquizedeque, pois, sem o Cordeiro de Deus nenhum pecado foi, é, ou será jamais tirado do coração humano.

 

Ele é a propiciação pelos nossos pecados, e não somente pelos nossos próprios, mas também pelos do mundo inteiro”, disse João.

 

Ele é o Salvador de todos os homens, mas especialmente dos fiéis”, disse Paulo.

 

Por que aprouve a Deus que Nele, Jesus, residisse toda plenitude... E que tendo feito a paz pelo sangue de Sua Cruz, consigo mesmo reconciliasse todas as coisas, quer nos céus, quer sobre a terra; e a vós outros também...”, garante Paulo.

 

Ora, o amparo da Escritura e do espírito do Evangelho, tendo Jesus como Chave Hermenêutica, é todo na direção do que digo.

 

Todavia, isso não é “universalismo”, pois, existe também a “Ira do Cordeiro”, bem como o diabo, o inferno, e o lago de fogo, que é a segunda morte.

 

Ou seja: ninguém é forçado à salvação; e, pasme — muita gente haverá por decidir contra a Verdade Em Pé diante delas, na Vinda do Filho do Homem, e, ainda assim, seguirão a Besta, o Dragão e a Antiga Serpente.

 

Mas vá lendo que você entenderá!

 

 

Um beijo!

 

 

Nele, que é o Salvador de todos os homens, mas especialmente dos fiéis,

 

 

 

Caio

 

18/06/07

Lago Norte

Brasília