Português | English

Cartas

AMIGO PREOCUPADO COM AS INTERPRETAÇÕES

AMIGO PREOCUPADO COM AS INTERPRETAÇÕES

 

-----Original Message-----

From: Amigo Preocupado Com as Interpretações!

To: contato@caiofabio.com

Sent: sexta-feira, 15 de agosto de 2003

Subject: Podem vir a criticá-lo!

 

 

 

Olá amado Caio Fabio,

 

 

 

Estou de fato devorando, me banqueteando de tudo no site. Aí comecei a ler as cartas. Elas têm sido instrumento de Deus para abençoar e orientar as pessoas.

 

Então, comecei a interceder, pois, vejo que muitas pessoas frustradas em seus casamentos já escrevem querendo a separação. Sinto muito quando o vêem como solução para tomar tal decisão. E vejo que você jamais se coloca assim; são elas!

 

Achei isto uma situação delicada, pois, amanhã pode haver algumas pessoas que cometerão a injustiça de dizer: Ah! fiz isto depois que coloquei minha situação ao "Caio".

 

Bem percebo em suas respostas que você coloca sempre a questão do amor. O problema é que as pessoas são de difícil entendimento, pois, há muitas que dizem que “não amam mais”, e, depois, estão se declarando “apaixonadas”. Digo isto, pois, já vi pessoas que estavam decididas e "convictas"; e, de repente, fazem um acerto entre elas; e fica tudo beleza... Só que agora elas criticam qualquer pessoa que as "aconselhou".

 

Sabe amado, temo que pregadores o critiquem; temo ainda mais é que essas mesmas pessoas o critiquem. Sei que não tenho maturidade, e nem estou orientando nada, apenas intercedo para que cada dia mais seja uma benção no aconselhamento, pois, vejo que você é imparcial, principalmente por ouvir apenas uma versão.

 

Bem eu o amo muito mesmo, e estou muito feliz por todo site. Apenas abordei tal assunto para que aumentemos a intercessão pela sua vida e ministério.

 

Beijão!

 

__________________________________

 

Resposta:

 

 

 

Meu Querido Amigo:

 

 

 

Estou liberto deste mal! Não falo nada que não seja a verdade, se o que me contam é verdade. Deixo sempre claro que “se as coisas são como são”, então, minha opinião é aquela. No mais, repito sempre: cada um decida por si mesmo!

 

Não sou Deus! Apenas respondo ao que me perguntam. Faço-o com honestidade. Quem mentir contra a verdade, e tentar me manipular, terá que viver com as conseqüências. Deus está vendo o que é Verdade.

 

Quanto aos pregadores, que alimentem suas ovelhas com a Palavra! Se o fizerem, não haverá essa legião de des-assistidos. Além disso, os pregadores sabem que não estou nem aí para o que eles pensam ou deixam de pensar. Digo isto sem presunção.

 

Estou muito “aí” é para amigos como você; e para todo aquele que chega na verdade, como você também. Esses me importam sobremaneira.

 

Meu amado, quem viveu o que vivi, e conhece o que conheço, não tem média a fazer com prega-dores! Quem gostar, aproveite. Quem não gostar, processe o sentimento. Quem puder dizer algo melhor, que o faça. Eu não sou escravo de homem algum, e nem sou candidato a nada.

 

É por isso, também, que as pessoas escrevem. Elas sabem que estou falando sério. Quem desejar fazer outros usos do que digo, que o faça. Deus vê!

 

Quanto a não entenderem o que digo, meu amado, não entenderam aos profetas, nem a Jesus, nem a Paulo, etc.. E o que eles fizeram? Deixaram de falar, para não correrem riscos? Não! Essa é a razão pela qual Jesus sempre diz: Quem tem ouvidos para ouvir, ouça!

 

Eu estou aqui. E sem medo de ninguém, e nem da opinião de ninguém. E pior: todo mundo sabe disso. Minha consciência tem Dono. É a Ele que respondo.

 

Obrigado pelo carinho e pela preocupação. E mais: conto com sua carinhosa intercessão! Mas saiba: Só Deus pode parar o meu caminho. E se o fizer, é porque Ele sabe as razões. Até aqui, o que sinto e sei é que Ele quer que eu não me cale.

 

E se alguém tentar calar a Palavra, sei que as pedras das “igrejas” se jogariam das paredes. Homem nenhum me fará parar de dizer a verdade enquanto eu tiver vida. Digo-a mesmo quando é contra mim mesmo!

 

 

 

 

 

Na obediência ao Evangelho,

 

 

 

Caio

 

15 de agosto de 2003

 

Copacabana

 

RJ