Português | English

Cartas

AGORA SÃO AS SEQÜELAS: o ciúme!

AGORA SÃO AS SEQÜELAS: o ciúme!

-----Original Message----- From: AGORA SÃO AS SEQÜELAS: o ciúme! To: contato@caiofabio.com Sent: Wednesday, September 29, 2004 12:20 PM Subject: Ajude-me ! A paz amigo ! Estou escrevendo novamente, mas não tem mais “desespero”. Tenho vencido aos poucos as compulsões; digamos que tenho dado mais tempo para mim do que para os outros... Tenho descoberto e sentido o perdão sobre a minha vida; e o que mais me impressiona é que não tenho brigado muito comigo mesmo, mas apenas confiado Naquele que enxerga as coisa como realmente são; apenas confio; não é mais uma briga particular por pura neurose. Aleluia! Saí desta neurose, embora alguns na igreja acham que esfriei. Quem soubessem o que realmente aconteceu! É engraçado ver, agora, como as pessoas julgam dentro da igreja: não importa a dor que você esteja enfrentando e nem seus conflitos..., estando envolvido em todos os “trabalhos da igreja”, está tudo bem . Que egoísmo! Mas gostaria de frisar algumas coisas. Às vezes até no meu modo de falar vejo meu pai. Então descobri algumas coisas: 1º: Admiro meu pai, muito mais do que imaginava; isto pode estar me levando a atos parecidos com os que ele pratica. 2º Também percebo que às vezes entro em competição... fazer melhor, ser melhor, não fazer o que ele faz... Fico preso nisto e não ando! Preciso me soltar, ser eu mesmo, me achar e me encontrar... Outra coisa que tenho vivido é confiar também na minha esposa. Total paz em relação a ela... Mas tenho sofrido muito com os ciúmes dela. Como posso ajuda-la ? Às vezes ela chora e pede ajuda. Fala que esta ficando doente de ciúmes... tem sonhos... vasculha minhas coisas... Ontem imprimi uma carta e uma resposta que tratava sobre ciúmes. Ela leu, mas pediu mais detalhes sobre nosso caso em particular. Ela sempre sofreu com ciúmes, desde criança... Ciúmes do pai, da mãe , dos amigos, etc ... Cresceu com um pai mulherengo... Também teve muitos relacionamentos antes de vir a Cristo (odeio a palavra conversão, não pela palavra em si, mas sim pela forma que é usada pela igreja). Como isto influencia ela hoje...! E como posso ajuda-la a sair desta crise? Estou com medo... Às vezes ela fala em se matar! Um abraço deste seu amigo ! _________________________________________________________________________________ Resposta: Amigo amado: Graça e Paz! Primeiro é preciso lembrar que ela e você traíram um ao outro; e que a “pulada de cerca” que ela deu foi de raiva e vingança—conforme a sua 1a carta—, enquanto as suas “puladas” tiveram a motivação da coisa em si. Portanto, ela se sente muito mais incapaz de tal ato que você, visto que ela fez com raiva, contra ela própria, e apenas a fim de enfiar uma faca em sua alma. A questão é que agora a faca ficou na alma dela, não na sua; e da alma dela não sairá enquanto ela não perdoar você de coração, e, também, não entregar você a Deus, e confiar em Deus acerca de você e do futuro de vocês. Somente a confiança poderá salva-la! Quanto aos ciúmes de sua mulher, não sendo por nenhuma razão dada por você hoje, certamente é fruto de duas outras coisas: a primeira é o trauma dela com a figura mulherenga do pai; e a segunda é, certamente, fruto da própria experiência passada sua e dela. A sua de traição para com ela. A dela vem de todas as experiências anteriores que ela própria teve. Isto porque, em geral, os ciumentos falam mais de si do que daqueles em relação aos quais eles dizem ser o objeto de seus ciúmes. Quem já andou pelas entranhas da terra, e pelo labirinto das muitas experiências e malandragens desta vida, corre o risco de transformar todo o acervo de suas próprias memórias em projeções sobre os outros; de tal modo que a insegurança com a qual esse tal trata os outros (os objetos do ciúme), equivale à projeção da própria pessoa feita sobre o (s) outro (s). No caso dela, como ela já teve muitas "experiências"—e sabe das suas—, pode ser que ela projete em você o que ela sabe que rola nas esquinas das seduções; e como ela própria já viajou nesses labirintos, hoje ela padece dos conhecimentos de todas as inseguranças adquiridas naquele caminho anterior. De tal modo que hoje ela é perseguida pelos fantasmas que um dia ela mesma pode ter fabricado, pelas suas ações dela em relação aos outros; e, assim, quando sente ciúmes, julga, de fato, a si mesma. Ora, isto, como eu disse, no caso de você não estar mais dando a ela razão para se sentir como ela se sente. No entanto, como você deu a ela razões objetivas de ciúmes, então, saiba: somente o tempo, a perseverança e o andar limpo lhe restaurarão a paz junto a ela. Espero, todavia, que ela fique logo livre disso, e que mergulhe na confiança, deixando de lado a insegurança, pois, do contrário, você mesmo não agüentará muito tempo. Ninguém que não seja cínico agüenta muito tempo ser tratado como canalha. No que tange ao mais... apenas medite no texto que escrevi há pouco, e que eu sei lhe será útil. _______________________________________________________________________________ MANDAMENTOS DO REINO DE DEUS 1o Ama a Deus de todo o teu coração, com todo o teu entendimento, com toda a tua alma, e adora-o em espírito e em verdade; e não procures saber com tua a mente como e quem é Deus, mas apenas segue a Jesus, pois eis que Nele Deus está revelado. 2o Ama a teu próximo como tu amas a ti mesmo, e faze sempre antecipadamente por ele todo o bem que desejas que façam a ti em qualquer situação da vida. 3o Jamais atribuas ao mau ou ao diabo bem nenhum que vejas acontecer na Terra, apenas porque achas que os modos da Graça divina ti são desconhecidos, para que não sejas apanhado infamando as obras do Espírito Santo. Nem mesmo faze tal juízo no segredo de teu coração. 4o Santifica Deus em amor em teu ser todos os dias, para que todos os dias sejam Sábado de paz e misericórdia no calendário de teu coração; e, assim, santifiques a Deus na paz de teu ser cheio de gratidão e confiança. 5o Não repitas os pecados de teu pai, e nem te solidarizes com a infelicidade de tua mãe. Antes, melhora-os em tua vida, andando por caminhos de paz e alegria, de tal modo que ao ti verem eles vejam que tu os honrastes melhorando-os em tua própria vida. Quem sabe assim ainda haverá cura para eles. 6o Aprende o contentamento no prazer que é teu, e não busques prazer na companheira ou companheiro de outro homem ou mulher, pois, tal ato não gera prazer, mas apenas medo e desgosto, posto que nenhum ladrão goza das riquezas que roubou, visto que elas carregam vingança em si mesmas. 7o Não sintas inveja de ninguém, pois o invejoso é ladrão de almas e de bens gerados por um outro; assim, quanto mais busca o que é de outro, menos possui a si mesmo como bem. 8o Não julgues a ninguém, pois não sabes quais são as verdades que as aparências encobrem; e também para que tal juízo não volte sobre tua cabeça, e ti condene sem apelação. 9o Exercita teu coração na gratidão e no contentamento, pois é por eles que ficarás livre de toda a cobiça do inferno. 10o Não te esforces para ti salvares, posto que todo esforço de auto-salvação gera arrogância. Desse modo, apenas aceita que tua salvação está feita, e que aquele que te salva o faz apenas por Sua imensa Graça e Amor. Assim, confia Nele, pois é na confiança que a salvação se faz consumar como bem para o coração. Segue esses mandamentos com fé e amor, posto que todos eles são amor; e, sem amor, nem eles e nem nada na existência ti trarão qualquer valor ou bem para a vida. _____________________________________________________________________________________ Receba meu carinho e orações. E ande no sossego. É no descanso em Deus que nossas almas são preservadas! Nele, Caio