Português | English

Cartas

A ESPERANÇA FOI FABRICADA EM MIM - I e II

A ESPERANÇA FOI FABRICADA EM MIM - I e II

 

 

 

 

 

----- Original Message -----

From: A ESPERANÇA FOI FABRICADA EM MIM

To: <contato@caiofabio.com>

Sent: Wednesday, March 14, 2007 5:22 PM

Subject: Quero te dizer...

 

Meu pastor...

Quem me dera te ter por perto pra dizer isso.

Te admiro muito!

Te amo!

Feliz aniversário...

Sabe...

Fui menina carente na época da Fábrica da Esperança...

Hoje sou mulher casada... com uma filha linda e um marido maravilhoso.

Queria que soubesse que te amo e te agradeço pelo curso de informática (Ayrton Senna)  e inglês (Yazigi).

Meu pastor...

Queria ser ovelha sua.

Abraço.

Espero que esteja bem, desfrutando de plena saúde.

 (15 de março de 2007)

 

Roberta

__________________________________________________________________________________________________

 

Resposta:

 

 

Querida Roberta: Obrigado; e muita Graça e Paz sobre você, minha filha.

 

 

A Fábrica de Esperança já estava funcionando, mas a inauguração formal dela foi um dia depois da morte do Tom Jobim, lembra?

 

Naquele dia, com muitos meninos e meninas, as autoridades e a toda a mídia lá, eu lembro de ter dito que Tom Jobim se fora da Terra, mas que se déssemos um “tom de amor e esperança”, havia muitos “Jobims” ali, entre aqueles jovens de Acari e adjacências, e que o tempo o diria.

 

O tempo tem dito! E como!

 

De lá para cá, mesmo tendo o governo de menino decido acabar com a Fábrica, os jovens se tornaram Homens e Mulheres, e, à semelhança de você, mantiveram a Esperança sendo fabricada em Graça em seus corações.

 

Há advogados, médicos, enfermeiros, profissionais de informática, cineasta, contadores, líderes comunitários, e mães e pais amorosos e responsáveis que foram forjados ali. Aleluia!

 

Lembra que eu sempre dizia nas festas que o que eu queria e pedia a Deus era que todos ganhassem coração de tartaruga?

 

Sim! Pois, você tira o coração dela e põe na panela fervente, mas o coração continua batendo!

 

Eu dizia que queria esse coração de tartaruga em Deus, para mim e pra vocês todos. E aqueles milhares que passaram ali vez por outra me dão o testemunho de que foi e é assim com eles!

 

Sua carta é meu melhor presente de aniversário!

 

Um texto em inglês de uma amiga para você relembrar as aulas na Fábrica.

 

_________________________________________________________________________________________________

 

----- Original Message -----

From: Wanda de Melo

To: contato@caiofabio.com

Sent: Wednesday, March 14, 2007 1:37 PM

Subject: Sugar and spice.... fibrilam com gelatina

 

 

A HEART MADE OF JELLO…….AND SPICE AND EVERYTHING NICE

 

(Era como se meu coração tivesse virado uma gelatina em curto circuito.... (Caio Fábio)

 

 

His heart beats too fast

 

His heart beats too slow

 

It beats to love's rhythm

 

His heart loses control

 

II

 

His heart beats for people

 

It beats for Jesus too

 

His heart beats for Adriana

 

It beats for me and you

 

III

 

His heart pounds like a hammer

 

And vibrates like a drum

 

It seems to have no manners

 

It does whatever it wants

 

IV

 

I thought it was made of iron

Others say it is made of metal

But according to Biribá

It is simply made of jello

 

 V

If gelatin is a ingredient

Of this smooth and tender heart

Let's treat it will all due care

It is the heart of a Biribá.

 

By Wanda de Melo

On Caio's Birthday

March 15th, 2007

 

 

 

 

 

______________________________________________________________________________________________________

 

 

Saiba que sua carta me enterneceu, e que a distancia não tem, não teve e jamais terá o poder de afastar um abraço sincero!

 

Sou seu pastor na Graça. E estou sempre aqui, enquanto Ele quiser, para ser seu amigo, pastor e irmão no Senhor.

 

O grande curso que ali se ofereceu foi esse de falar línguas de homens e de anjos, em amor!

 

 

Um beijo mais que carinhoso!

 

 

Nele, que é o único que fabrica esperança em nós; e cuja esperança não morre e nem se confunde,

 

 

Caio

 

15/03/07

Lago Norte

Brasília

______________________________________________________________________________________________________

 

Segunda carta:

 

 

Meu pastor...

 

 

 

 

 

Se você soubesse como me senti ao ler sua resposta!!!!  Puxa!!!

Não sei se essa mensagem você vai ler, mais para alegria nossa...

Hoje sou analista de sistemas... Trabalho na IBM, uma empresa maravilhosa e a maior do mercado...  Tenho 4 anos de formada e só fiz faculdade de informática por causa da Fabrica de Esperança. 

 

Aquele curso me impulsionou... Eu trabalhava de dia e estudava anoite. 

 

Eu podia mudar minha história!

 

Ainda não falo inglês fluentemente, mas vivo as voltas com cursos e professores para melhorar sempre.

Minha vida é outra... Diferente das minhas coleginhas da época... Muitas engravidaram, outras se drogaram.  Mas eu estou aqui.

 

Se valeu a pena todas as coisas que você viveu pela Fábrica de Esperança e sua Verdade?? 

 

Pergunte a comunidade de Acari... 

 

Lá você é o Caio... 

 

A resposta são vidas DIFERENTES.

 

Hoje eu não moro mais lá, tenho meu apartamento.

Mas...

 

Queria que soubesse que valeu a pena!

Meu pastor, valeu a pena...

 

Hoje sou uma mulher de sucesso com Deus!!

Nem crente eu era na época da Fábrica!

 

Quando comentei que iria te escrever novamente algumas pessoas me pediram para te agradecer...

Pelos projetos que tiraram filhos e filhas de destinos tão óbvios e transformaram meninos carentes em homens e mulheres de 'sucesso'!

Eu te amo!!

E amo ao Senhor por ter BOCA aqui na terra...  Louvo a Deus porque ainda existem profetas... Profetas que não são aplaudidos pela VERDADE... Que sofrem por ela.

Com 'sua' Verdade, você faz com que eu tente melhorar...  Eita Verdade que incomoda!!  Que nos faz meditar.

Minha gratidão é essa...

Minha resposta é VIDA HONESTA E FELIZ COM DEUS.

Abraçoooo.

Sou ovelha do site.

 

Envio uma foto da minha família.

Eu, meu marido e minha filhinha que tem 3 meses.

 

Roberta Beta

 

_______________________________________________________________________________________________________

 

Resposta:

 

 

Beta querida: Graça, Paz e Alegria sobre você, sua casa, e todos os amados de Acari!

 

 

A história do “por que” a Fábrica ter “fechado”, tem profunda implicação com as doenças, ciúmes e tristeza governamental pelo que dá certo.

 

Se é bom, se faz bem ao povo, e se faz isso sem que “eles” (Estado) tenham tido qualquer chancela, mesmo quando eles pedem para assumir e “tocar”, o fazem para fechar.

 

Fecha que é a cara do Caio!” — diziam os pobres vampirinhos, a maioria “pastores” no Rio; e que agora aconselhavam o menino no governo. 

 

Sua carta, todavia, como a de outros que mencionei, provam que o material com o qual estávamos construindo não era madeira e palha, mas ouro e pedras preciosas. E você é o melhor exemplo desse material imperecível. Aleluia!

 

Frequentemente penso em tanta gente boa que lá conheci. Um exemplo disso é a “Tia Biga”, que já nem sei se vive entre nós; embora saiba que ela Viva Está.

 

Quando ouvi que a Fábrica seria demolida e vi que o povo não queria e protestava contra, sabendo que já nada podia fazer, restou-me ir à porta do prédio central em companhia de minha mulher, e chorar...

 

Chorei... Muito. Chorei tudo o que podia e tinha pra chorar...

 

Depois confiei em Deus que tudo o que ali fora feito estava guardado nos corações!

 

A gente planta pequenas sementes. Mas nascem árvores de Beta. Preciosa é essa árvore. Longeva e cheia de muitos frutos.

 

Dê meu beijo em todos os que você encontrar!

 

Diga que estou bem. Não na “minha verdade” (que é apenas uma busca de sinceridade), mas na Verdade que é — a mesma que transformou a vida de tanto, inclusive a sua.

 

Um beijão, querida Beta!

 

 

Nele, que é a nossa Esperança e que a fabrica em nós pelo Espírito Santo,

 

 

Caio

 

21/03/07

Lago Norte

Brasília