Português | English

Cartas

 O ‘ESPÍRITO DE CAIO FÁBIO’ ESTÁ NA MODA...

O ‘ESPÍRITO DE CAIO FÁBIO’ ESTÁ NA MODA...



----- Original Message ----- From: O ‘ESPÍRITO DE CAIO FÁBIO’ ESTÁ NA MODA... To: contato@caiofabio.com Sent: Thursday, March 17, 2005 4:50 PM Subject: Caio Fábio de Aruanda Mensagem psicoengraçada pelos espíritos de Titakuamão e Cleopatalógica. Amado viajor Caio. Não gostamos da brincadeira com nossos nomes e, diga-se de passagem , como uma religião tão séria como a que aventa a possibilidade de comunicação merdiúnica. Entendemos porque, nos dias de hoje, você não quer admitir que é original do oriente médio, uma vez que, o pessoal daquelas bandas terá que passar por várias reencarnações a mais, ou ,receber, no caso dos mártires, 52 não -virgens, bem rodadinhas e sambadinhas como castigo por matarem criancinhas indefesas em meio a suas explosões. Já falamos com o Alah, numa noite de lua, que diminua o número de frutas que constituem os pratos lá do paraíso, sugerimos: tomates e limões ( gozado que ninguém se refere ao tomate como fruta e nós os espíritos sabemos que é.) Então... assuma logo de uma vez, Caio Fábio! Aliás, Caius Fabius, ou, chamá-lo-emos por seu codinome egípcio: Tutangordon. Agora é sério... Revdo. quando o diabo e seus anjos, que também aprendem com a igreja a multiforme sabedoria de Deus, referem-se a alguém como referência para aparições espíritas..., realmente, esta pessoa possui credibilidade junto ao mundo espiritual... Ou, inversamente, como uma forma inescapável do absoluto da verdade lógica : se você é crível, então é atacado, por que é verdadeiro; e se é verdadeiro usa-se a própria verdade para, numa manifestação diabólica, promover a incredibilidade, por assim dizer. Existem estágios de ataques à inteligência, em nível diabólico, como por exemplo as seitas de experimentação "científica", onde o baixo espiritismo é a forma mais "baixa";e algumas outras forma como o rosacrucianismo... dentre outras seitas secretas. São formas mais elevadas de "fisgar" o incauto inteligente que anda por aí meio perdido..., porém , buscando um norte no desvario das religiões. Vou acrescentar à minha lista, como um novo de grau de ataque-sedutor, o passar-se pelo espírito de um ‘cristão vivo’. É a forma mais imbecil do diabo elogiar alguém (creia que ele não teve a intenção disto.) É a forma mais elevada de ser atacado por ele. Schopenhauer, em sua obra "A arte de ter razão" , alista este estratagema como forma de buscar nas afirmações do inimigo (no caso você) subsídios para um ataque. Quando Caio - Fábio passa a "baixar" nos terreiros de mesa-branca por aí..., a coisa se torna ridícula por ser inimaginável até mesmo como roteiro de filmes classe "C". Daqui á pouco vai ter : cabloco (devido a sua terra natal ) caio -fábio. Aliás, segundo a Umbanda você seria um orixá. Como és um emissário de nosso Deus Zambi..., tu serias um Exú Zé - Cailintra... Tranca-fábio... Eventualmente, numa reunião voltada para a cura serias... omufabio...; ou , para garantir um extra, OMOfábio. Partindo do princípio da manifestação espírita, também irão surgir as entidades femininas, as "pombafábio" ou as "caiogiras" (Iá,Ía, Ia.) As reuniões de sextas-feiras seriam as "fábias" ao invés de "giras". Se continuar neste ritmo, como já existem terreiros "São José e São Paulo"... em breve irão fundar o "São Caio e São Fábio"... ou , simplesmente, "Caio Fábio de Aruanda." Sendo certo, que elevado a estatura de "guia", teria de haver toda uma ritualística voltada para as comidas do "santo". -frutas tropicais.(umbú, cupuaçu, etc...) -bebidas de santo : Guaraná do Amazonas. -cores : verde, amarelo, azul e branco. - locais para arriação dos trabalhos, já que as encruzilhadas, pedreiras, cachoeiras, matas e cemitérios estão ocupadas... você poderia encarregar-se das bibliotecas, especificamente da "sessão" de humanas. (não escrevi errado, mas, achei que seção não combinaria com o nosso tema.) - roupas de santo: Calça jeans e "xuxinha" no cabelo. (tu usas? não sei...) - saudação do santo: alguns termos já são característicos de outras entidades, "eparrê". - "saravá" tá muito "batido" para uma entidade nova como a sua. Presumo que seja algo em torno de :"cogitoergosumo!".. ao que todos exclamam como saudação de resposta e reconhecimento: "nóistambém!" Um grande abraço cruzado e apertado pastor Caio, que Zambi o abençoe e guarde! P.S - Se for possível... poderia "baixar"na Igreja do Nazareno em Nilópolis num simpósio de educação cristã em novembro, só pra fazer a abertura dos trabalhos e dar uma palavra? Revdo. Edmar Franco __________________________________________________________________________ Resposta: Meu querido Edmar: Graça, Paz e Bons Risos! Sua carta me suscitou boas risadas, tanto pelo modo... como também pelo tema e pela graça no dizer. Pelo que percebi, você andou lendo sobre a onda de “espíritos ‘caio fábio’” que vem ‘baixando’ por aí... Depois daquele episódio—revelado por alguém aqui no site—da médium que recebe o ‘espírito de Caio Fábio’, um suposto egípcio que... mais tarde... se tornaria um general romano... e que era o amante e mentor da ‘dada médium’... a qual, hoje, se diz a ‘receptora’ de suas ‘mensagens do além’...—verifiquei... navegando pela net... que há ‘outros’... com o mesmo nome... e sendo ‘recebidos’ por outros ‘médiuns’. Como já disse anteriormente, a primeira vez que tive algo assim na vida..., foi em Manaus, quando ainda era bem jovem... tendo começado a pregar há poucos anos... e ouvi alguém dizer que ‘eu baixava’ numa sessão que a pessoa em questão freqüentava... e que lá eu dava muitos conselhos e operava curas. Quanto à sua interpretação de que os ‘principados e potestades’... tanto buscam invalidar a mensagem que prego... como também... numa ‘burrice’... acabam por validá-la...—visto que somos espetáculo tanto a homens como a anjos... sendo conhecidos mediante a multiforme graça de Deus nas ‘regiões celestes’...—devo dizer que concordo... embora não tenha a menor preocupação acerca do assunto. Muitas vezes já tentaram armar ‘laço’ para minha alma usando esse meio ambíguo. Já ouvi pessoas afirmarem que foram expulsar demônios... e que eles disseram que não sairiam se eu não fosse pessoalmente expulsá-los. Vê se pode!? Uma única vez fui... uma vez sabendo disso... (as demais... nem tempo tive para tal...)... e fui apenas para dizer ao demônio que sabia qual era a sua estratégia em relação ‘aos outros’ (os que ouviam), bem como sabia quais eram a suas intenções em relação a mim; ou seja: me fazer crer naquele papel de importância espiritual... o que... em si... já é o ‘laço e a condenação do diabo’, conforme Paulo. ‘Soberba’ burra... e as inteligentes também... são o laço preferido do diabo. E disso tenho total convicção! ‘A multiforme graça de Deus’ a se fazer ‘conhecida dos principados e potestades’ não é um homem na terra... mas um modo de ser na Graça... discernindo o mistério outrora oculto... e que agora foi revelado ao ‘santos’; a saber: que Deus fez convergir em Cristo, na dispensação da plenitude dos tempos, todas as coisas... eu que por meio do sangue de Sua cruz... reconciliou os que estavam perto... e também os que estavam longe... destruindo, na cruz, não apenas o escrito de dívida que havia contra nós... dos quais se servem os principados e potestades (reis da manutenção da culpa)... mas também derrubando todos os muros de separação... fazendo a paz—isto também conforme Paulo em Efésios e aos Colossenses. A médium que recebe o ‘general romano Caio Fábio’ não pode nem alegar novidade, visto que ela é bem mais nova do que eu... e, no texto que ela escreveu em seu site, explicando que ‘ele’ não ‘sou eu’... deixou claro tanto que me conhecia, como também que sabia que ela chegara ‘depois’ com seu ‘mentor’, posto que já estou aqui há 32 pregando a Palavra da Vida. Esses são dias confusos, e, tornar-se-ão muito mais... Jesus disse que à medida em que caminhássemos para o fim... haveria tantas coisas estranhas e bizarras... bem como tantos enganos... que, até mesmo os ‘eleitos’ poderiam vir a ser enganados. Eu, todavia, creio que o mais terrível engano não vem da Nova Era... e nem do espiritualismo... mas sim do cristianismo... posto que os ‘anti-cristos’, conforme João, saem do ‘meio’ de nós... do nosso meio... não dos de fora. Os que estão fora... fora estão. Mas os que ‘são de dentro’... esses é que têm feito o grande estrago histórico... bem como ainda hoje são os piores anti-cristos... e estão à nossa volta... falsificando a Palavra... e usando o nome de Jesus... com todas as ‘formas cristãs’... a fim de fazer o evangelho passar por bruxaria branca... realizada não em ‘terreiros’, mas em templos chamados de ‘igreja’. E os grandes sacerdotes dessa perversão não são feiticeiros declarados, mas ‘pastores, bispos e apóstolos’... os quais corrompem a Palavra e fazem uso da fé e dos crentes como ‘mercadoria’—também conforme Paulo, escrevendo a Timóteo. Só sei que pela Graça estou firme na Rocha! Só sei que apesar de ser relativo e pecador... a Palavra, todavia, é fiel... e jamais a neguei... nem mesmo contra mim. Peço a Deus saúde e paz... pois gostaria de poder pregar a Palavra pura e simples do Evangelho durante os dias ainda mais confusos que estão por vir. Quanto a ‘baixar’ aí na igreja do Nazareno em novembro... me escreva daqui há uns meses... e verei se dará. A razão é que estou dando quase que todas as minhas atenções ao Caminho da Graça, em Brasília, onde tenho tido muitas alegrias no espírito, e, de onde também sei que Deus está começando ‘coisa nova na terra’. Receba meu carinho e minhas muitas boas e alegres risadas... pois, de fato, sua carta veio carregada de extraordinário bom humor e criatividade. Um beijo carinhoso! Nele, que despojou e desprezou os principados e potestades, triunfando deles na Cruz, Caio _____________________________________________________________________ ----- Original Message ----- From: edmar franco To: contato@caiofabio.com Sent: Saturday, March 19, 2005 2:08 AM Subject: pra que fui elogiar ... Obrigado! A graça - de - graça , é tão graça; que en-graça. É tanto engraça que grassa, e tem mais graça quando Ele agracia e parece que abraça. Às vezes amassa, às vezes perpassa, mas nunca Passa... E às vezes aparece na sarça. Derramou seu sangue na taça. Seu corpo, de trigo, de massa. Pregado naquela cruz baça. Graça-desgraça! Por mim e por ti, dois asses! Pregado naquelas achas, sem farsa, Ele sacha. O véu se racha, e Salvação vasta, Ele traça, como facha, a toda a raça, trazida na gacha, da graça. Que Deus te abençoe neste teu pentecostes de vida ! Revdo. Edmar Franco