Português | English

Clássicos

Rasga o coração - Villa Lobos

Rasga o coração - Villa Lobos

Rasga o Coração

Villa Lobos - Choros 10 para grande coro e orquestra


Concluindo a série sobre Villa-Lobos, trago o que talvez seja sua melhor peça.  Misturando ritmos brasileiros com um coro mantendo um canto percusivo, aparece a melodia do xote "Iara" com música de Anacleto de Medeiros que na época era conhecido como "Rasga Coração".  Devido a problemas com direitos autorais na época, as gravações da peça substituiam a letra do xote por um vocalize, e essa tradição se manteve mesmo atualmente quando a letra está em domínio público.

Abaixo uma execução excelente com Orquestra da Juventud Venezoelana Simon Bolivar - sob regência de I. Karabtchevsky, num festival Villa Lobos que aconteceu em 2007:

 

O texto original do xote "Iara - Rasga coração" é:

Se tu queres ver a imensidão do céu e mar
Refletindo a prismatização da luz solar
Rasga o coração, vem te debruçar
Sobre a vastidão do meu penar

Rasga-o, que hás de ver
Lá dentro a dor a soluçar
Sob o peso de uma cruz
De lágrimas chorar
Anjos a cantar preces divinais
Deus a ritmar seus pobres ais

Sorve todo o olor que anda a recender
Pelas espinhosas florações do meu sofrer
Vê se podes ler nas suas pulsações
As brancas ilusões e o que ele diz no seu gemer
E que não pode a ti dizer nas palpitações
Ouve-o brandamente, docemente a palpitar
Casto e purpural num treno vesperal
Mais puro que uma cândida vestal

Hás de ouvir um hino
Só de flores a cantar
Sobre um mar de pétalas
De dores ondular
Doido a te chamar, anjo tutelar
Na ânsia de te ver ou de morrer

Anjo do perdão! Flor vem me abrir
Este coração na primavera desta dor
Ao reflorir mago sorrir nos rubros lábios teus
Verás minha paixão sorrindo a Deus

Palma lá do Empíreo
Que alentou Jesus na cruz
Lírio do martírio
Coração, hóstia de luz
Ai crepuscular, túmulo estelar
Rubra via-sacra do penar 




Ciro d'Araújo, 10 de maio de 2009
ciro@caiofabio.com