Português | English

Reflexões

Pai & Amigos...e muito Mais!

Pai & Amigos...e muito Mais!

Sempre tive amigos, desde muito menino. Fui amigo de meus primos. Eles também foram meus amigos. Fui amigo do Boi e do Zé Maria. Fui amigo dos filhos do empregados. E dos empregados também. Alguns amigos eu amava ardentemente. Ardentemente é a palavra. Vim pra Copacabana, aos 10 anos. Papai estava quase morto. Perdera tudo. Fora humilhado. Muitas vezes temi que ele se matasse. Enquanto isto...fiz alguns amigos. Amigos de “racha” na calçada da Sá Ferreira. Nino, Caruso e Péricles, eram alguns deles. O pai do Péricles pulou do apartamento onde moravam... Mudei pra Niterói. Encontrei meus melhores amigos. Voltei pra Manaus. Fiz as amizades mais marcantes de minha existência até então. Zé Curi, Alipinho, Celso, Artur Neto—eram alguns deles. Encontrei Jesus. Fui encontrado por Ele. Eu era Dele e não sabia. Então, o pai amigo da infância, que havia sido o pai que aos meus olhos “pirara” na minha adolescência, desabrochou ante os meus olhos como um ser extraordinário. Encontrei meu melhor amigo no mundo dos homens. Trinta anos passaram. Pensei que havia feito muitos amigos. De fato fiz, só que eu ainda não os conhecia—a maioria deles. Perdi quase todos os que chamava amigos. Encontrei meus melhores amigos. Não eram muitos. Eram alguns. Três bem próximos. Dois muito íntimos. Um irmão, Robin. Mas, isto acontecia apenas no mundo dos amigos. Entre todos havia um que já transcendera essa condição. Ele, quanto mais amigo ficava, mais pai se tornava. Então, se tornou ele mesmo: o homem que me gerou em todos os sentidos. Sobretudo, mais do que ninguém, despertou em mim uma grande ambição: conhecer e ser conhecido por Deus! E também me ensinou que o viver é Cristo; e o morrer, é lucro! Meu pai é homem. E o meu Pai é Aquele a Quem meu pai me apresentou em sua própria vida, com moletinha, bengala, quase cegueira--e muito mais! Quanto mais velho, mais saboroso! Quanto mais fraco, muito mais forte! Quanto mais humano, mais santo! Quanto mais santo, mais humano! Quanto mais da criação, mais do Criador! Quanto mais da natureza, mais do céu! Quanto mais do Céu, mais apto a viver na Terra. Quanto mais menos, mais mais; muito mais! Sim! muito mais menos, e muito menos mais. Na vida dele não tem "mas", só tem mais... Caio