Português | English

Reflexões

O MELHOR GOVERNO

O MELHOR GOVERNO

Pela justiça tudo se governa. Pela sabedoria se conduz a muitos e diferentes. Mas é pelo onipotente poder que até parece ser um não-agir, que é conduzida toda a Criação. Donde se pode saber que é assim? Ora, as Escrituras dizem que tal percepção é auto-evidente. E nosso coração confirma tal testemunho. O caminho da complicação é a vereda das muitas leis, pois quanto mais leis existem, tanto mais o povo empobrece. Destrói-se toda a ordem quanto mais os homens procuram os seus interesses pessoais. As guerras acontecem porque os homens só pensam em si mesmos. Governantes populistas e legalistas fazem mal a qualquer povo. Com um olho por um olho, e um dente por um dente, a Terra toda se tornará cega e desdentada. Abunda a violência quando os homens só pensam em si mesmos. Aumenta, como aumentam as baratas, os ladrões, os corruptos e os salteadores quando o governo só confia em leis e decretos para manter a ordem. Se os governantes deixassem, logo se veria que por si mesma prospera a vida na sociedade. Deixado livre qualquer povo encontra o seu caminho. Sabendo disto, o homem de visão diz: Não me meto. Mantenho-me imparcial. Deixo os mortos enterrarem os mortos. Creio no caminho natural da vida. Não me meto em conchavos, pois creio que por si mesma floresce a ordem da vida. Busco não ser governado por desejos pessoais, pois sei que quem apenas busca o Reino, é seguido por bondade e justiça, e a esse todas as coisas são acrescentadas conforme a fé. Para quem vai votar: Um governo que governa e realiza sem alarde, tanto mais não apareça, tanto mais fará o povo feliz. Um governo governa pela força de determinações sempre faz qualquer povo infeliz. Para quem tem medo de errar: Desordem reveza com ordem, erros sucedem a verdades. Para quem almeja um caminho forte na fraqueza: O homem de Deus é retilíneo por índole, mas não fere ninguém. É intangível para quem tenta pegá-lo. Mas não é inatingível para quem o busca de bom coração. É intransigente, mas não é intolerante. É brilhante, mas não é ofuscante.