Português | English

Clássicos

Música da liturgia Judaica

Música da liturgia Judaica

Chazzanut

 

Chazzanut é a palavra hebraica que se refere à música liturgica da tradição judaica.  Muito embora os textos sejam antiquissimos e muitas vezes padrozinados por todas as tradições, as melodias que se adaptam ao texto variam bastante de acordo com o contexto cultural que estavam inseridos.  Entretanto algumas coisas existem em comum nas tradições - basicamente o uso apenas de vozes masculinas, e o canto sem acompanhamento (já que no sabado seria proibido tocar instrumentos musicais).  Com as novas correntes do judaismo essas restrições foram abrandadas para muitos, porém a caracteristica da tradição musical se preserva.

Os Chazzan, também conhecidos como Cantor são os responsáveis pela entoação da liturgia, que costumava ser toda cantada, especialmente nas ocasiões mais festivas (festas e sábados) e assim disseminou-se uma tradição de cultivo de uma espécie de produção vocal bastante semelhante a do cantor de ópera, muito embora o repertório seja bastante diferente.

Em primeiro lugar, gostaria de compartilhar com vocês um video especial.  Trata-se dos irmãos Horowitz, um grupo de chazzans, cantando uma oração memorial ao lado de um dos fornos de cremação em um campo de concentração.

Gershon Sirota, conhecido como o "Caruso Judeu" canta uma versão do salmo 55 colocada na canção "Pietà, Signore".

Uma mistura das tradições - a tradição de chazzanut judaica encontra a tradição dos corais masculinos da Russia, eles interepretam uma das mais antigas orações - Kol Nidrey, que é cantada no Yom Kippur.

Por último, um dos mais queridos Chazzanim - Jossef Rosemblatt, cantando em dois documentários antigos sobre Israel - o primeiro sobre o Rio Jordão, o segundo com imagens de Jerusalém.

 Ciro d'Araújo, 23 de Maio de 2009

ciro@caiofabio.com