Português | English

Reflexões

MARTE, UMA TERRA SEM LUA

MARTE, UMA TERRA SEM LUA

Marte é uma Terra, bem maior, mas que não tem uma Lua. Os românticos nem sabem, mas a Lua tem mais importância para a vida que supõe a poesia. Marte não tem rotação certa, e se caotiza, porque falta-lhe uma Lua. A Terra oscila 23 graus para cada lado porque a Luz a mantêm com essa extraordinária estabilidade. Tudo pela Palavra de Sua poder! Hoje se sabe que não teríamos a Terra, como ela é, sem a Lua. A força de nosso satélite natural não só afeta tudo o que classicamente se sabe que afeta, mas também toda a vida submarina. Se ela chegasse mais parto de nós, nós morreríamos, bem como tudo o que se move sobre a Terra; escapando apenas boa parte da vida submarina. Se ela se afastasse...e ela está se afastando...a mesma coisa acontecerá...aconteceria. Cada coisa e cada um Deus pôs em seu próprio lugar. Não há maiores, nem menores; mais fortes e nem mais fracos; mais importantes, ou menos importantes; nem luminosos e nem pálidos; nem o Sol e nem a Luz—mas Deus determinou a cada um, a fim de que cada qual cumpra seu papel, e, assim, a vida se torne melhor e possível. Ora, esta é apenas mais uma analogia do Corpo de Cristo. Cada um tem sua própria função, conforme a Graça. Louvado seja Deus pelo descanso que temos da intensidade do Sol, e pela bondosa e suave luz da Lua. Planeta sem Lua, pode até ter luz, mas vira Marte. A Igreja deve ser essa Lua, que reflete a Luz, e que mantêm o equilíbrio da Terra. Caio