Português | English

Reflexões

JUDAS COMO GUIA  PARA A MORTE…

JUDAS COMO GUIA PARA A MORTE…

 

 

 

JUDAS COMO GUIA PARA A MORTE…

 

 

Lucas nos diz no livro de Atos dos Apóstolos que Pedro afirmou que Judas “foi o guia dos que mataram Jesus”.

Mais adiante no mesmo lugar se diz:...

E com o dinheiro... [que Judas recebeu para ser o guia da morte] compraram um campo, o qual, na sua própria língua ganhou o nome de Alcedema, que quer dizer Campo de Sangue”.

O Guia da Morte foi sepultado no Campo de Sangue!...

Ontem à noite, durante uma chuvarada que deu aqui em Brasília, a energia elétrica se foi... Acendi uma vela e continuei lendo a Bíblia. Então, como se fosse a primeira vez na vida que eu lesse aquilo..., vi a expressão “foi o guia dos que mataram Jesus”...

Então me pus a pensar em Judas...

Pedro disse dele: “Ele teve parte conosco neste ministério”, mas escolheu seu próprio caminho, indo onde suas decisões o levaram...; ou seja: à morte.

De súbito me apanhei emocionado pela triste decisão de Judas...

Teve parte conosco...

Participou do mesmo ministério...

Tornou-se o guia dos que mataram Jesus...

O dinheiro ganho em razão de seu andar como guia da morte foi utilizado para comprar o Campo de Sangue; o qual se tornou um cemitério para estrangeiros, para gente sem família em Israel.

No que diz respeito a Jesus, não há meios de que o dinheiro da morte, angariado no espírito da morte, seja meio para a glória de Deus...

E mais:

Digo que se as coisas são assim diante de Deus, e, por isso, segundo o mundo, cada um que ande no caminho da verdade simples do Evangelho é otário...

O que não se vê é que os que são os donos do dinheiro que seduziu Judas a tornar-se o guia dos que mataram Jesus, não se importam com nada...

Mais:...

Eles crêem que se ao final o dinheiro da morte comprar um cemitério para gente de fora, então, tudo está resolvido... Sim, dinheiro sempre foi lavado usando a lavanderia das causas sociais...

Pedro, todavia, lhes disse:

Arrependam-se!...

Ora, é simples:

Se os atuais guias de Jesus para a morte estão arrependidos, arrependam-se...; ou seja: dêem fruto digno de arrependimento...; coisa que não muda apenas a mensagem, mas muda a vida e gera fruto novo, o qual não se estabelece sem a confissão do arrependimento e sem a prática real de uma vida arrependida...

O Evangelho, no entanto, não é um discurso certinho, mas sim uma subversão divina que muda tudo, sobretudo muda os meios..., não apenas o discurso.

Tais coisas, no entanto, são discerníveis apenas espiritualmente, e não são aferíveis mediante resultados de mercado e de prosperidade material...

Afinal, Jesus já dissera para sempre:

Entre vós não é assim...

 

Nele, em Quem o que é, é; e, portanto, deve dar o fruto da verdade segundo o Evangelho, tanto na semente, como na árvore, quanto no fruto,

 

 

Caio

22 de agosto de 2009

Lago Norte

Brasília

DF

JUDAS, OS POBRES E A ONG DE JESUS!

COITADA DA ÁRVORE DO CONHECIMENTO: VIROU O JUDAS VEGETAL DA QUEDA

A DIFERENÇA ENTRE O DISCÍPULO E O SEGUIDOR OCULTO

A SOBERANIA DE PINK: LIVRE ARBÍTRIO EXISTE?

O EVANGELHO DE JUDAS ISCARIOTES: O EVANGELHO DA MORTE! I-II

 

 

 

 

JUDAS, OS POBRES E A ONG DE JESUS!

COITADA DA ÁRVORE DO CONHECIMENTO: VIROU O JUDAS VEGETAL DA QUEDA

A DIFERENÇA ENTRE O DISCÍPULO E O SEGUIDOR OCULTO

A SOBERANIA DE PINK: LIVRE ARBÍTRIO EXISTE?

O EVANGELHO DE JUDAS ISCARIOTES: O EVANGELHO DA MORTE! I-II