Português | English

Reflexões

GRITANDO VIRTUALMENTE DO TELHADO

GRITANDO VIRTUALMENTE DO TELHADO

GRITANDO VIRTUALMENTE DO TELHADO

 

Jesus disse que aquilo que se fala no interior da casa pode vir a ser gritado do telhado.

Aqui neste site me sinto com essa liberdade.

Pessoalmente creio que estamos vivendo a hora em que muito daquilo que falávamos aos cochichos, está sendo proclamado em público.

Aqui em Cartas é isso que está acontecendo.

O que se falava à boca pequena está sendo tratado à luz do dia.

Sei que isso gera desconforto para muito.

Especialmente para os que se alimentam desse “silencio”, dessa censura quanto a permitir que o que é, seja.

Conheço os vários níveis de desconforto que minhas respostas podem gerar.

Quero, todavia, que todos saibam que não estou de brincadeira.

Se Deus tem algo pra mim hoje, mas do que qualquer outra coisa, eu sei que tem a ver com tratar das coisas sem véu na cara, com o rosto pra fora, e de frente.

De um outro lado vejo as ações da Graça, e me rendo em adoração.

Na praça não se fará ouvir a sua voz.
Ele não esmaga a cana quebrada; e nem apaga a torcida que fumega.
Em Seu Nome esperarão os pagãos!—essa é uma das promessas que se cumpriu em Jesus.

Hoje sinto isto.

Aqui não há grito, nem há vozes nas praças.
Não há som, mas por toda terra se faz ouvir a Sua voz, e as Suas palavras até os confins da Terra.

Estou dizendo isto porque, de todo coração, estou amando este serviço que Deus me deu.

Gosto de tudo.

Amo a interatividade e amo a privacidade que essa mídia oferece.

Também amo a possibilidade de que as pessoas se confessem, que falem, que abram o coração—e, sobretudo, que lendo umas as outras, se reconheçam como irmãs; inclusive nas angustias e nas mesmas buscas de respostas de Deus em Sua Palavra.

É por tudo isto que sei que minha luta aqui não é contra carne e sangue, e muito menos uma luta virtual.

Sei que aquilo que estamos fazendo tem profundas conseqüências no mundo espiritual.

Afinal, tudo o que o diabo não deseja é que o povo de Deus viva com conhecimento, liberdade e fé na Graça de Deus.

E já deu para eu ter uma idéia do que Deus está fazendo aqui.

Que Ele nos cubra.

Que Sua proteção jamais nos falte.

Nele, em quem está nossa autoridade,

Caio