Português | English

Reflexões

DEUS BOM TEM QUE DAR SORTE AO CRENTE…

DEUS BOM TEM QUE DAR SORTE AO CRENTE…

 

DEUS BOM TEM QUE DAR SORTE AO CRENTE…

 

 

 

Deus pra quê?...

Sim, pra que Deus, se você de fato apenas precisa de sorte!

A sorte é o “Deus” dos cristãos.

Sem Deus sem sorte.

Sem sorte sem Deus...

Com Deus com sorte...

Na prática é assim que é...

Deus é sorte.

Deus é poder.

Deus é vantagem.

Deus, Deus mesmo, demanda obediência em fé.

O Deus/sorte, porém, requer somente certas magias, como freqüência ao lugar de poder [a “igreja/templo”],  pagamento sem sonegação do dizimo [taxa de proteção], e a ousadia de dizer que “o nosso Deus é Maior e Melhor”.

Esta é a mandinga...

Portanto, pergunto: Deus pra quê?...

Deus! Ora, Deus serve na hora que nossa esperteza já não resolve, ou quando nossa fraqueza já não suporta...

Na alegria, porém, Deus entra como a fé/figa dos sortudos!...

“Graças a Deus”, dizem quando a sorte como prosperidade material os alcança.

De fato, entretanto, foi graças à sorte...

Afinal, não havia fé; havia apenas cara de pau em nome de Deus!

Entretanto se crê que Deus dá sorte...

Deus é o Pé de Coelho Cósmico.

Deus é a figa que nem o diabo suporta...

É por isto que quando as coisas não dão certo do jeito que se “sonha” ou “espera”, a culpa é de Deus.

Há até aqueles que dizem: “Como pode que eu faça a minha parte e Deus não faça a Dele?”

Deus? Ora Deus tem que dar certo...

Deus que não dá certo, pode até estar certo, mas tá errado.

O direito/dever de Deus é fazer acontecer...

Esse é o trabalho de Deus.

Do contrário, pergunto: Deus pra quê?...

Um Deus que não dê sorte é inferior ao diabo.

Tem gente que até me pergunta: “Mas como? Na Macumba dava tudo certo. Por que Deus é tímido? Por que não age como os espíritos da Macumba?”

Os crentes não gostam do recato de Deus...

Deus bom é escrachado, é abusado, é mal educado!

Deus espírito e verdade não serve... É muito na Dele... É muito invisível... É pouco útil.

Jesus olhou para Jerusalém e chorou...

O que Ele faz quando olha para esse bando de crentes que amam a sorte e não a Deus?

Ele diz:

“Sigam os seus próprios caminhos!”

O resultado é todo azar da eternidade!

 

Nele, que chora nossa sorte como azar,

 

Caio

24 de abril de 2009

Copacabana

RJ