Português | English

Reflexões

CAIO, CREIO NO QUE VOCÊ DIZ, MAS NEM SEMPRE ENTENDO!

CAIO, CREIO NO QUE VOCÊ DIZ, MAS NEM SEMPRE ENTENDO!

 

 

 

 

 

CAIO, CREIO NO QUE VOCÊ DIZ, MAS NEM SEMPRE ENTENDO!

 

 

 

Algumas pessoas me escrevem dizendo que crêem no que prego por intuição, mas que não entendem tudo.

 

A esses eu digo que sei o que está acontecendo!

 

E o que está acontecendo?

 

Primeiramente eles sentem falta de textos bíblicos entre aspas, com referencias da Bíblia entre parênteses.

 

Segundo, eles se ressentem da falta de doutrinação e sistematização. Ou seja: se ressentem em relação ao “método”, pois, antes, acostumaram-se tanto ao “método” que mesmo não entendendo também as coisas, ficavam tranqüilas por saberem que o ensino seguia uma evolução sistêmica e que estava carrego de textos da Bíblia — o que dá certeza mesmo a quem nada entende.

 

Terceiro, eles não conhecem as Escrituras no coração, tendo familiaridade mais com as aspas e as referencias em textos da “igreja” do que propriamente com a Palavra.

 

Quatro, eles desconhecem o que ensino, que Jesus é a Chave Hermenêutica (ou seja: interpretativa) das Escrituras.

 

Quinto, eles sabem no coração ser verdade, mas, precisam mais do que apenas fé, eles querem que a verdade seja involucrada com o papel de presente da religião.

 

Sexto, eles não sabem que se antes todos diziam que o que eu escrevia era claro e límpido, hoje, propositalmente eu escrevo mais simples do que nunca, porém, sem as estéticas do método; e isso por ter descoberto que antes “eles” não entendiam o que eu ensino, mas apenas “decoravam” as palavras e as passavam adiante sem entendimento próprio. Assim, hoje, faço de tal modo que só possa repetir quem tiver entendido. É pedagogia minha.

 

Entretanto, aquele que conhece as Escrituras e medita na Palavra, esse sabe que quase toda frase minha está estribada num principio da Palavra. No entanto, só quem busca encontra.

 

Pense nisso!

 

 

Caio

 

12/02/08

Lago Norte

Brasília

DF