Português | English

Reflexões

AMOR DE TEMPO IMPOSSÍVEL

AMOR DE TEMPO IMPOSSÍVEL

AMOR DE TEMPO IMPOSSÍVEL

 

Perdão por eu ter sido tão diverso em minha alma que nunca consegui amar em paz e ter paz para amar!

 

Perdão por ter chegado quando não podia e ter saído quando não queria.

 

Se eu quisesse, eu não podia. Mas se eu pudesse, eu não queria.

 

Certas coisas apenas são. Aprendi que o que é é!

 

Perdão por ter tido que aprender!

 

Aprendi que eu era mais perdido que eu podia imaginar e também aprendi que poderia ser mais achado que jamais antes eu pudera conceber.

 

O amor foi minha destruição e minha salvação. E a certeza de que ele existe é sempre um dos meus mais fortes alentos para viver neste mundo onde quase nada do que de fato é é visto como sendo, pois, aqui, só vale o que parece ser.

 

Mas o amor é!

 

Perdão, meu Criador, pela arrogância de ter pensado que eu poderia Te ajudar, quando eu sou aquele que mais precisa de ajuda entre teus filhos.

 

Obrigado pela lição de saber hoje que apenas tenho o privilégio de, em Ti, ser eu mesmo.

 

E isto é tudo, e, em Ti, tudo é.

 

Sempre amarei o Nome!

 

Abellardo Ramez II

 

(Extraído do livro Nephilim, de Caio Fábio)