Português | English

Histórias

ACEITO A ACUSAÇÃO!

ACEITO A ACUSAÇÃO!

 

 

 

 

 

ACEITO A ACUSAÇÃO!

 

 

 

Ainda há pouco alguém me escreveu dizendo que o jornal de uma das maiores denominações evangélica do Brasil está preparando uma matéria contra a minha pessoa, em razão de que um dos membros da família que dirige e controla politicamente aquele grupo há muitos anos, veio para “O Caminho da Graça”.

 

Desse modo, os familiares dele [dirigentes da Denominação] transferiram para mim a responsabilidade de que tal pessoa creu no Evangelho simples e conforme Jesus para a sua própria vida.

 

Recebo diante de Deus com alegria tal “transferência”; e, por todas as acusações, injurias e loucuras que disserem, antecipadamente dou glória a Deus! Sim! Pois desse mesmo modo também perseguiram os que andaram no Evangelho antes de nós!

 

Ora, o amado irmão em questão, depois de muito ler este site, decidiu me escrever e contar a sua história. Trocamos e-mails. Quase todos estão aqui neste site, sem identificação de ninguém ou de nenhuma “instituição” ou pessoa.

 

Creio que dois anos passaram desde a 1ª carta entre nós. Até que cerca de três meses atrás o jovem pastor em questão, depois de muita oração e incentivo meu de que não precipitasse nada, não lhe sendo mais possível adiar por motivo de consciência, comunicou à sua família o fato que, em amor, desejava deixar de ser ministro daquele grupo, pois, não conseguia mais mentir contra a verdade.

 

O senhor que me escreveu contando da matéria que, segundo ele próprio, “já havia lido”, parece ter farto histórico e intimidade junto à denominação que estaria preparando tal material. Escreveu-me estimulando-me a “responder uma a uma as acusações”. E mais: disse que sabia que assim seria porque “você não é homem de não responder as coisas”.

 

Ora, minha resposta antecipada é a mesma a todos: O Senhor é quem me justifica!

 

Quanto a me acusarem de levar um filho da nova geração de pastores daquela casa a crer no Evangelho simples de Jesus [embora saiba que minha participação seja apenas simbólica, pois quem o chamou foi o Senhor], aceito a denuncia em nome de Jesus; e peço ao Senhor que os perdoe por terem ficado cegos pelo engano da religião.

 

De mim têm apenas amor e orações!

 

Que o Senhor Jesus abra os olhos de muitos, e assim os livre do engano desses dias maus!

 

 

Nele, que disse: “Erguei as vossas cabeças, pois a vossa redenção se aproxima”,

 

 

 

Caio

 

23 de julho de 08

Lago Norte

Brasília

DF