Português | English

Histórias

A BENÇÃO DOS FILHOS

A BENÇÃO DOS FILHOS



Hoje a Adriana estava remexendo umas coisas antigas, fotos, cartas, documentos, bilhetes dela para mim e de mim para ela, e muitas outras coisas. De vez em quando ela me mostrava alguma coisa que tirava do baú, da urca de nossas heranças e sentimentos feitos papel e tinta, mas que carregavam em si mesmos a força dos momentos nos quais foram produzidos, e, com tais suscitamentos de memória, por eles voltava a força da emoção.

Dentre as coisas que muito me comoveram está a oração que segue transcrita, e que foi lida pelos nossos filhos no dia da Cerimônia Formal de nosso casamento, o qual, sem dúvida em muito precedeu a cerimônia.

Segue o texto.




Oração lida por Davi D’Araújo & Daniel Wills, em nome de todos os filhos de Caio & Adriana, no dia 28 de outubro de 2001, quando da oficialização do que já estava feito desde muito antes: o casamento de seus pais.

Os sete filhos estarão perfilados diante do casal ajoelhado.

Oração :

Davi e Daniel (juntos):

“Senhor Nosso Deus, tu és o Deus de nossas Famílias!”

Davi:

“Pai amado, eu e meus irmãos aprendemos sobre teu amor com nossos pais. E é somente por causa de teu grande amor que hoje estamos aqui, juntos, pedindo a tua graça sobre nossos pais!”

Daniel:

“Senhor, nossos pais já não são jovens. Eles são homem e mulher e nesta vida já sofreram, cada um ao seu modo. Hoje pedimos que no teu amor e misericórdia, os dias de suas “maiores dores” tenham ficado para trás e que tudo esteja sob o sangue do Cordeiro, o Senhor Jesus”.

Davi:

“Pai das luzes, Senhor de toda bondade, nós pedimos que tu lhes dês sabedoria para viver e capacidade de serem amigos e pacientes um com o outro. E se eles errarem, dá que eles nunca se esqueçam de que suas vidas só tiveram essa “preciosa chance de recomeço” porque tu os tens perdoado. Portanto, ensina-os no caminho de todo teu perdão e de toda tua graça, e que essas virtudes sejam praticadas em suas vidas, sobretudo, em favor do outro”

Daniel:

Pai de bondade, nós pedimos que o Senhor os abençoe. Sem tua benção eles murcharão e o seu amor um pelo outro não bastará para que eles sejam bem sucedidos. Por isso, Pai de toda graça, dá-lhes a tua benção e derrama sobre eles todas as suas virtudes e dons! E, sobretudo, concede-lhes sempre a tua presença.”

Davi:

Pai de amor, nós também nos lembramos nesta hora daqueles de quem nascemos, daqueles que foram os cônjuges de nossos pais, e por cuja união, um dia viemos a este mundo. Nós também os amamos e desejamos honrá-los, conforme a tua Palavra. Por isto, sê misericordioso e abençoa-os com teu carinho e com teu amor, e dá a eles a bênção de encontrarem grande gozo e felicidade ainda aqui, nesta “terra dos viventes”!

Daniel:

“Pai nosso, concede que nossos pais gozem não somente de teus eternos favores, mas concede-lhes também poder contar com o “favor dos homens”. Portanto, Senhor, te pedimos: Que a tua mão os livre dos invejosos, dos despeitados, dos infelizes e que odeiam a felicidade dos outros em razão de sua própria infelicidade ; e, sobretudo, livra-os daqueles que se sentem comprometidos em apontar seus fracassos, erros, falhas e fraquezas, passadas, presentes e futuras! Sê tu o Advogado de nosso pais, Senhor Jesus!”

Davi e Daniel:

“Pai nosso que estais nos céus, santificado seja o teu nome. Ajuda-nos como filhos de pais diferentes a descobrirmos, apesar disso, grande amor e irmandade uns com os outros, mediante a união de nossos pais. E também rogamos que nos abençoes como filhos-irmãos, e que nossas dores passadas sejam cobertas pela alegria de tua graça, e que nossas necessidades espirituais e materiais sejam todas supridas pela abundancia de tuas riquezas.

Davi (falando ao Pai, Caio)

“Papai, meu papaizinho, em nome de minha esposa, Tatiana, e de minha filhinha, Hellena, sua netinha, e em nome de meus amados irmãos Ciro, Lukas e Juliana, nós o abençoamos com todo nosso amor, e invocamos o melhor do amor de Deus sobre a sua vida. Que Ele dê saúde a você. Que Ele sare todas as suas feridas.Que Ele restaure a “glória Dele”sobre a sua vida, e que todos vejam a grandeza do amor e o compromisso de Tua eterna graça sendo copiosamente derramados sobre a vida e o ministério de papai, muito mais agora do que jamais se viu antes. E que assim Teu nome seja glorificado entre os homens e teu amor seja conhecido!”.

Daniel (falando à Mãe, Adriana)

“Mamis , querida mamis, em meu nome e de meus irmãos, William e Bruna, nós te abençoamos com todo nosso amor. E também te abençoamos com a nossa lembrança da mãe dedicada e apaixonada que você sempre foi para nós Mamis, que o dia da visitação tenha chegado! Que o dia do prazer e da alegria seja eterno sobre a tua vida ! E que sobre ti venham todas as luzes da graça e que a tua vida seja longa, que teu riso nunca murche, e teu bom humor nunca se canse ante as batalhas desta vida!”

Davi e os irmãos e Daniel e os irmãos (juntos)

“Nós amamos vocês. Nosso amor os acompanhará. E a graça de nosso Deus será
sempre o nosso refúgio e o lugar de nosso descanso. Foi assim que aprendemos com vocês. E que o Senhor nos dê justiça, paz e alegria no Espírito Santo. Que venha o Reino de Deus sobre as nossa vidas. Amém!


Nesses dias em que me vi quase-para-além-daqui, quase morto, e Adriana teve que cuidar de mim com a esperança de que eu ainda não fosse dela levado, muitas coisas voltaram com a força do que é, e que precisa ser cultivado com todo amor e carinho, como jóia e bem preciso, como tesouro e como legado, como alegria e tristeza, como vitória e derrota, e como vida que escolheu existir com a outra, e, num certo sentido, na do outro.

Que Deus sempre nos guarde em Seu amor!

Caio