Português | English

Opinião

Sete Quedas

Sete Quedas

Eram lindas as Sete Quedas! Fui vê-las um pouco antes que nossa sobrevivência energética as sepultasse sob as águas...para sempre. Fui contra...é claro...para um ser pouco pragmático como eu, um espetáculo como aquele não poderia ser afogado por nenhum razão da terra. Era assim que eu sentia...pois não era possível pensar...só sentir as Sete Quedas. Os militares inegavelmente fizeram catástrofes que se auto-impuseram. Num mundo onde o preço da energia do petróleo iria crescer tanto—ai de nós se não fossem os poços de Petróleo perfurados em águas profundas! Sem a Itaipu Bi-nacional hoje eu não estaria, possivelmente, podendo usar tanta energia elétrica. Mas, para salvar nossa capacidade de autonomia energética as Sete Quedas foram o preço. Quem fosse contra teria que ser mais que um ser gritante... teria que ser também profundamente radical. Ou seja: uma pessoa que não usasse petróleo—em nenhuma de sua formas—e não usasse qualquer energia elétrica que se originasse de Itaipu. Mas eu vi acabar...fui lá meses antes...eram as últimas visitas...aquela beleza desapareceria de nossos olhos para sempre... As novas gerações nem sabem do que estou falando... Sete Quedas? Que Sete Quedas? Não é encosto! É um novo livro auto-biográfico do Caio? Era uma das mais belas manifestações naturais, com aquela cordilheira de Quedas d’água lindas...e que permitiam através de passagens bem precárias, fazer você ficar bem em cima delas...nada mais romanticamente natural e chocante...acabou...agora já não é uma cachoeira, é um cânion afogado. Tristeza...mas sem as Sete Quedas batizadas em água eu não estaria escrevendo, provavelmente, nesse computador agora...e nem sei se o Brasil seria este país...a gente não tem idéia do quanto poderia ser pior. Neste mundo caído há males que geram certos bens...pelo menos no imediato. Mas todos sabemos que essa quantidade enorme de carros que os irmãos declaram que receberam indo às Fogueiras Santas de Israel, contribuem para que a soma de todas as bênçãos automobilísticas sufoquem o plante. Assim a benção no imediato...é o suicídio gostosa e comodamente praticado quando damos partida no carro e vamos a um culto...para você não pensar que carro só polui quando vai até a porta do bordel. Mas e o que fazer? Pelo menos saber!