Português | English

Opinião

QUANDO NÃO HOUVE CONSPIRAÇÃO?...

QUANDO NÃO HOUVE CONSPIRAÇÃO?...

 

QUANDO NÃO HOUVE CONSPIRAÇÃO?...

 

 

A história oficial dos humanos é a História das Conspirações.

Sim, quando a história humana se moveu sem conspirações?

No Gênesis tudo começa com uma conspiração paralela...

Uma serpente e dois humanos fazem um conluio contra a verdade de Deus...

Na seqüência vem a inspiração, não conspiração, de Caim, no objetivo de matar Abel, seu irmão...

Todos conspiram...

Sim, na casa de Noé, na casa de Abraão, na casa de Jacó, na vida dos juizes e reis de Israel... Sim, também contra profetas e gente de Deus se conspirou [...] na Bíblia.

Todas as Histórias Universais foram feitas de conspirações...

Egípcios, Hititas, Iksus, Etíopes, Caldeus, Babilônios, Medos, Persas, Gregos, tanto Ptolomeus quanto Seleucidas; Romanos, Bárbaros, Unos, Celtas, Britânicos, Gauleses, Germânicos, Portugueses, Chineses, Japoneses, Soviéticos, Alemães, Americanos, etc... — todos surgiram como poderes e, como tais, se impuseram pelas conspirações...     

Não há império sem conspiração...

Não há mundo sem conspiração...

A existência humana é uma conspiração; ou melhor: se tornou...

Hoje as conspirações são diferentes...

Os grandes conspiradores são as elites ricas e poderosas do mundo inteiro...

Além disso, há ainda os grupos secretos, cheios de gente influente, tomados de filosofias e ideologias espirituais e políticas; e que se organizam sob o manto do segredo..., o que aumenta a sensação de poder e de importância dos envolvidos nos muitos clubes de poder conspiratório...

Grupos como a Illuminati, a Skull & Bones, a Bilderberg e a CFR..., cuja missão confessada é influir na criação de uma Nova Ordem Mundial, com um Governo Mundial, associam-se a todas as organizações clássicas de influencia conspiratória, como a Maçonaria e outros... — não cessam de buscar influir...; sempre cooptando gente importante, tanto dos meios políticos, quanto empresarial, econômico, financeiro e intelectual...

Entretanto, para muitos..., tudo não passa de paranóia...

Mas era paranóia quando Hitler anunciou o que anunciou e fez o que fez...

Todos diziam: “Não é possível... Não é aceitável... Só pode ser mentira!”

Mas não era mentira...

E mais...

Hoje se sabe que a conspiração Nazista era infinitamente mais complexa do que se admitia, com coisa mais séria do que o próprio arianismo, posto que o projeto todo fosse de fato e explicitamente dedicado aos deuses pagãos, com cultos de magia negra e invocações das mais impensáveis do ponto de vista do que pudesse se conceber que entre eles fosse feito, crido e buscado como ideal para o mundo...

É claro que há muita paranóia...

Entretanto, baseado na História da Civilização, somente muita ingenuidade minha poderia gerar em mim o auto-engano de me fazer crer que na Era Pós Moderna não há mais conspiradores de elite aristocrática, como foi em toda a História Humana até aqui...

Paro por aqui hoje... Mas peço que você leia o texto que segue abaixo...

 

Caio

17 de setembro de 2009

Lago Norte

Brasília

DF

________________________________

 

Juiz de Direito de MG Denuncia Sociedades Secretas de se Infiltrarem no Judiciário

 

O Juiz de Direito da 2ª Vara Cível de Juiz de Fora (MG), Luiz Guilherme Marques, escreveu em 19 de Junho um artigo na revista jurídica Jus Vigilantibus intitulado "Associações secretas rondam inclusive o Judiciário", na qual denuncia a Illuminati, a Skull & Bones, a Bilderberg e a CFR, como sendo grupos cujo principal interesse é a abolição dos governos e sobre a sua infiltração em todos os ramos da sociedade inclusive na Suprema Corte americana e a possível infiltração no judiciário brasileiro.
Quanta coragem, meus parabéns. Se 10% de nosso judiciário estive ciente sobre estes interesses alheios a vontade do povo, com certeza nós teríamos um país muito mais justo.

Segue abaixo o artigo em sua íntegra:

Associações secretas rondam inclusive o Judiciário

Por Luiz Guilherme Marques

Sabe-se da existência de associações secretas internacionais cujos reais objetivos são o enriquecimento desmesurado dos seus membros, a conquista do poder e a dominação mundial através de quaisquer meios que se façam necessários, honestos ou desonestos. Pretendem a abolição gradativa dos Governos, em seu lugar ficando eles, os membros dessas associações.

São famosas a ILLUMINATI, a SKULL & BONES, a BILDERBERG e a CFR, afirmando os entendidos que o BANCO MUNDIAL e o FUNDO MONETÁRIO INTERNACIONAL foram criados por uma dessas associações.

Fazem parte pessoas do mundo das finanças, altos funcionários, grandes empresários e pessoas influentes, inclusive um membro da Suprema Corte dos Estados Unidos.

Seus integrantes são submetidos a uma iniciação cruel e mantêm os compromissos de sigilo e fidelidade absoluta, naturalmente que receando penas que chegam à morte.

Essas associações patrocinam eleições, edições de leis, tratados internacionais e tudo que facilite seu controle sobre a riqueza dos países.

Fundamenta-se na ambição de poder das pessoas voltadas muito mais para dominar do que em colaborar para o progresso das coletividades.

Em todos os setores da atividade humana há gente desse tipo, inclusive no próprio Judiciário, podendo acontecer de alguns chegarem a integrar alguma associação secreta de fins criminosos.

Nem todos os homens e mulheres que se destacam nos cenários local, regional, nacional ou mundial agem com idealismo e movidos por nobres intenções.

Podem acontecer, por certo, atos do Judiciário, do Legislativo e Executivo que favoreçam o capital estrangeiro em detrimento dos interesses nacionais, gerando o empobrecimento do nosso povo.

O fato do FMI estabelecer parâmetros para a Reforma do nosso Judiciário é significativo.

Alguém pode achar que esse tipo de coisa é fantasia de filme policial, mas trata-se da mais pura verdade.

Por isso, no caso do Judiciário, é importante que a seleção de magistrados seja da competência do próprio Judiciário, através de concursos públicos para ingresso na 1ª instância e promoção interna para a 2ª, 3ª e 4ª, abolindo-se o 5º constitucional e as escolhas pelos Governadores de Estado e Presidente da República.

Enquanto isso não acontecer, podemos ter surpresas desagradáveis no julgamento de alguns casos concretos e edição de alguma súmula vinculante altamente prejudicial.

Não estou afirmando aqui que tenhamos no presente alguém do Judiciário brasileiro vinculado a uma dessas associações, mas pode ser que venhamos a tê-lo.


Fontes:

Jus Vigilantibus: "Associações secretas rondam inclusive o Judiciário"

 

Link:

http://www.anovaordemmundial.com/2009/09/juiz-de-direito-de-mg-denuncia.html

 

Em tempo..

 

Eles não estão se infiltrando no judiciário, nas igrejas católicas, evangélicas todas as denominações, nas empresas, nos bancos, jornais, TVs (Inclusive Rede Globo), revistas, cinema, e etc..

 

Pesquisem..

 

Abraços

Deus abençoe a todos.