Português | English

Opinião

O OCASO DO TRONO DO CRISTIANISMO!

O OCASO DO TRONO DO CRISTIANISMO!

 

O OCASO DO TRONO DO CRISTIANISMO!

 

 

 

Gente Boa de Deus!

O fato é o seguinte:

A Era do Cristianismo acabou na Terra!

O Cristianismo não acabará, é claro; mas o tempo de seu poder determinante, acabou.

Ora, para os cristãos isso parece uma blasfêmia, algo que contradiz a afirmação de Jesus: "Edificarei a minha Igreja, e as portas do Inferno não prevalecerão contra ela".

Falo, entretanto, do Cristianismo, não da Igreja de Jesus.

Ao contrario, com o fim da Era do Cristianismo, agora, depois de muito tempo, enfim os discípulos terão outra vez a chance de viver e pregar sendo "bem conhecidos, porém, ignorados" — o que lhes dará um poder de sal, de luz e de fermento.

Cristianismo é uma coisa. Igreja é outra.

O Cristianismo é esse caixão no qual se tentou aprisionar Jesus e a Igreja nos últimos 1700 anos.

Graças, porém, a Deus, o Evangelho sobreviveu ao Cristianismo e à “Igreja” como Potestade humano/espiritual.

A Igreja [sem aspas] é o povo que amou a Deus dentro e fora do caixão, jamais confundindo a fôrma da “igreja” com a vida segundo o Evangelho.

O Cristianismo se tornará uma das religiões da Terra, mas perderá quase que por completo a sua hegemonia Ocidental.

Na realidade, talvez ainda tenha ar na América Latina e na África por mais um tempo, mas a tendência será a perda de importância política e religiosa, sem falar na perda das determinações “morais” que o Cristianismo impôs por quase dois milênios.

É fato que o Cristianismo, além de milênios de obscurantismo, também gerou outras coisas que não podem ser chamadas de más; apenas.

No entanto, tenha sido pelo obscurantismo, tenha sido pelo movimento pendular anti-obscurantista produzido pela revolta contra o atraso imposto como dogmas, o fato é que até aquilo que surgiu como “avanço” promovido pela vanguarda cristã Ocidental, ainda foi movimento reacionário, e, por conseguinte, gerou polarizações que se expressaram como avanços apesar do Cristianismo; embora, somente em um ambiente com as categorias mínimas do Cristianismo os tais avanços pudessem ter sido feitos.

Assim, o Cristianismo acaba sendo culpado até que pelo que houve de avanço no ocidente, tanto por ter se oposto antes, durante e depois, como também por que em razão disso, insiste em tratar as coisas apenas à revelia, gerando freqüentes e desnecessários enfretamentos mútuos.

A tendência futura é privilegiar caminhos espirituais, veredas de ensino, corpos de compreensão de natureza espiritual.

Daí eu vir dizendo há anos que eu creio que, fora o fundamentalismo islâmico, que continuará a crescer atendendo a uma forte demanda de segurança fundadas nos valores do passado — os demais grupos a crescer serão os de linha Budista, Taoista ou Hindu; com as obvias adaptações esotéricas/ocidentais.

Mas como disse, isso em nada atrapalha o Caminho do Evangelho, a verdadeira Igreja, o real povo de Deus no mundo!

Fique de olhos abertos, a começar da Europa e da América do Norte, e você verá que o que digo já começa a ser, e, certamente, tornar-se-á...

Leituras complementares no site:

 

O CRISTIANISMO COMEÇA A CAIR NA AMÉRICA…

A FÉ EM JESUS É UMA RELIGIÃO?

E O CRISTIANISMO VENCEU O MUNDO...

COMO O CAMINHO DO EVANGELHO VIROU CRISTIANISMO

COM A MORTE DO “PAI CRISTIANISMO”, DEUS ESTÁ ÓRFÃO?

QUERO JESUS, MAS TENHO DIFICULDADES COM O CRISTIANISMO

COMO SERIA O MUNDO SEM O “CRISTIANISMO”?

CAIO, O “CRISTIANISMO” FALA COM DEUS?

QUE CRISTIANISMO É ESSE?- O ÚNICO POSSÍVEL!

E CULPA TEM REMÉDIO?

ENTREVISTA: A SUBVERSÃO DO CRISTIANISMO

QUANDO O ‘CRISTIANISMO’ DEIXA DE SATISFAZER A ALMA

JOÃO PAULO SEGUNDO: SÍMBOLO DO CRISTIANISMO

NOVA VERSÃO PARA A TEOLOGIA DA LIBERTAÇÃO

O CRISTIANISMO É ETNOCÊNTRICO?

 

 

Nele, que é o mesmo ontem, hoje e eternamente,

 

 

Caio

17 de abril de 2009

Copacabana

RJ