Português | English

Opinião

CRIME DE PAIXÃO: The Reckoning

CRIME DE PAIXÃO: The Reckoning



Com Willem Dafoe e Paul Bettany Vale a pena ver The Rechoning, que foi traduzido como Crime de Paixão, embora o título em português nada tenha a ver com o filme e seu conteúdo. O filme conta uma história acontecida no século XIV, em pleno curso da idade Média, ainda das Trevas. É a história de um padre gente boa, abusado na infância, e que teve que viver seu sacerdócio em meio à Peste. As perguntas do povo sobre onde estava Deus em tudo aquilo tiraram dele o romance com o sacerdócio, e, por esse esfriamento, ele acaba adulterando, e, na fuga, em desespero, matando o marido da mulher. Ele abandona o sacerdócio e tenta deixar a fé. Acaba indo parar numa companhia de teatro que anda pelas estradas buscando vilarejos onde pudessem se apresentar. É em companhia desse grupo que o sacerdote acaba por descobrir sua genuína vocação; e, também, é com eles que seu mais pungente ministério de homem de Deus se manifesta. É um filme lindo, de fotografia requintada, cenários maravilhosos, atores excelentes, performances ótimas, e uma trama que prende até o fim; além de ser uma história de redenção pessoal. A grande ênfase do filme—que é carregado de discussões teológicas—é no fato de que os dons e a vocação de Deus são irrevogáveis. Além disso, o filme mostra como certas catástrofes podem ser o meio do amor de Deus salvar os Seus filhos. Sobretudo, o filme mostra que a salvação da alma do sacerdote era justamente sair daquela igreja assassina e tarada; e, encontrar seu ministério na estrada. Vale a pena ver! Caio