Português | English

Opinião

666: JESUS MIRANDA e Cia. Ilimitada!

666: JESUS MIRANDA e Cia. Ilimitada!

 

 

 

 

 

 

666: JESUS MIRANDA e Cia. Ilimitada!

 

 

 

 

José Luís de Jesús Miranda, de 61 anos, o criador da igreja Crescendo em Graça, é uma figura louca e que chama para si juízo divino. Encarnando o papel de um falso profeta, perverte a graça de nosso Deus, fazendo-a ser uma doutrina do diabo, o que de fato é verdade em relação ao que o suposto “Jesus Cristo” [que é o próprio Miranda em suas próprias palavras] ensina às pobres almas que o seguem; enquanto chamam-no de “Paizinho”, tatuando a marca 666 no braço, como adesão ao New Jesus que vive em Miami, o qual afirma que Jesus não era ainda “o Jesus”, o qual, só veio a ser graças a Paulo; e que, por cuja nova realidade, diz Miranda, ele tornou-se o “enviado de Deus”, a fim de abrir os olhos do mundo para a “sua” verdade.

 

Miranda diz que Jesus era judeu, e que o Jesus das nações não o é. Assim, Miranda assume que ele é o “anticristo” do Jesus judeu, pois, segundo ele, o Jesus judeu passou, e, agora, o que vale é o Jesus anticristo, que, segundo ele, é aquele de quem Paulo falava.

 

Desse modo, Miranda, acaba o Jesus judeu e surge o Jesus porto-riquenho: o próprio Miranda!

 

Tendo vivido muito tempo como dependente químico de heroína, conhecendo a prisão por crimes, o novo Jesus, mais para Barrabás do que para profeta, se apresenta ao mundo como sendo “Ele”.

 

Assim, pervertendo o Evangelho e, sobretudo, os ensinos de Paulo, o New Jesus de Miami arregimenta uma multidão de fanáticos crentes, e que foram “evangélicos”, embora agora sejam filhos do papaizinho de Miami.

 

Para Miranda Paulo decretou o fim de todo o que seja pecado. E mais: como Deus sabe tudo, orar é uma perda de tempo.

 

De fato Miranda é um Fernandinho Beira-Mar fazendo trafico de cocaína espiritual para um bando de viciados em mentira!

 

O Falso Profeta está milionário. Disse à CNN que ganha $136 mil dólares por mês, embora a CNN tenha constatado que para manter o seu padrão de vida e de luxos o senhor Miranda tem que ganhar muito mais por mês.

 

No Brasil ele está presente na “Igreja Crescendo em Graça”. Não é forte entre nós, embora tenha discípulos menos radicais que não fazem parte da igreja do New Jesus, mas que divulgam parte de seus ensinos.

 

A onda de não-oração, não-batismo, não-ceia, não-nada, que andou tomando conta da mensagem do “apóstolo Miguel Ângelo”, do Rio, em anos passados, era reflexo direto desse hiper-calvinismo satanista, amoral e a-ético de Miranda.

 

Não há o que contestar em Miranda, pois, na realidade, ele é a própria contestação!

 

Dizer o quê?

 

Ora, está dito: “Não os sigais!”.

 

O diabo, no entanto, é ardiloso, e, justamente elege um homem para falar em graça como desgraça.

 

Ora, era para um contexto bem menos ousado nas loucuras do que as de Miranda, que tanto Pedro quanto Judas escreveram as suas epistolas.

 

A de Judas é para todos os “Mirandas desta terra”.

 

Leia os links abaixo:

 

Judas e a Graça Brincalhona!

 

GRAÇA BARATA: QUE “NEGÓCIO” É ESSE?

 

ANTES QUE SEJA MODA FALAR EM GRAÇA   

 

O que dá pena é ver como os “evangélicos” parecem não discernir jamais os falsos profetas!

 

Ontem vi na televisão o casal que esteve preso em Miami [lugarzinho esquisito esse!] se apresentando como um “sacrifício pela fé dos irmãos”, sendo saudados via Internet por um grupo de fanáticos que diziam: “Vocês são nossa melhor oferta ao Senhor!”.

 

Ora, a coisa toda, além de bizarra e adoecida, ainda se faz pior quando o casal se torna “um sacrifício pela fé dos irmãos”, e, além disso, aceita ser afirmado como “a melhor oferta do povo a Deus” — relativizando Jesus e Sua Cruz; e, além disso, construindo a mentalidade dos Mirandianos na alma do povo sem conhecimento de Deus, de Jesus e do Evangelho.

 

Pense nisto!

 

E abra os olhos!

 

 

 

Nele,

 

 

Caio

 

12/06/08

Lago Norte

Brasília

DF