Português | English

Devocionais

SALMO DA VITÓRIA SOBRE O CATIVEIRO

SALMO DA VITÓRIA SOBRE O CATIVEIRO

Levanta-se Deus! Sejam dispersos os seus inimigos; fujam de diante dele os que o odeiam! Como é impelida a fumaça, assim tu os impeles; como a cera se derrete diante do fogo, assim pereçam os maus diante de Deus. Mas alegrem-se os bons, e se regozijem na presença de Deus, e se encham de alegria. Cantai a Deus, cantai louvores ao seu nome; louvai aquele que cavalga sobre as nuvens, pois o seu nome É; exultai diante dele. Pai de órfãos e juiz de viúvas é Deus na sua santa morada. Deus faz que o solitário viva em família; liberta os presos e os faz prosperar; mas os rebeldes habitam em terra árida. Ó Deus! quando saías à frente do teu povo, quando caminhavas pelo deserto, a terra se abalava e os céus gotejavam perante a face de Deus; o próprio Sinai tremeu na presença de Deus, do Deus de Israel. Tu, ó Deus, mandaste copiosa chuva; restauraste a tua herança, quando estava cansada. Nela habitava o teu rebanho; da tua bondade, ó Deus, proveste o pobre. O Senhor proclama a palavra; grande é a companhia dos que anunciam as boas-novas. Reis de exércitos fogem, sim, fogem; as mulheres em casa repartem os despojos do que deixaram para trás os dantes poderosos. Deitados entre redis, sois como as asas da pomba cobertas de prata, com as suas penas de ouro amarelo. Quando o Todo-Poderoso ali dispersou os reis, caiu neve no sertão. Monte grandíssimo é o monte de Basã; monte de cimos numerosos é o monte de Basã, dantes monte de Gigantes! Por que estás, ó monte de cimos numerosos, olhando com inveja o monte que Deus desejou para sua habitação? Na verdade o Senhor habitará nele eternamente. Os carros de Deus são miríades, milhares de milhares. O Senhor está no meio deles, como no Seu santuário. Tu subiste às alturas, levando cativo os cativeiros; recebeste homens como dons, e até dentre os rebeldes os acolhestes, para que o Senhor Deus habitasse entre eles. Bendito seja o Senhor, que diariamente leva a nossa carga, o Deus que é a nossa salvação. Deus é para nós um Deus de libertação; a Javé, o Senhor, pertence o livramento da morte. Mas Deus esmagará a cabeça de seus inimigos, o crânio cabeludo daquele que prossegue em suas culpas. Disse o Senhor: Eu os farei voltar do monte dos Gigantes; fá-los-ei voltar das profundezas do mar; para que mergulhes o teu pé em sangue, e para que a língua dos teus cães tenha dos inimigos o seu quinhão. Viu-se, ó Deus, a tua entrada, a entrada do meu Deus, meu Rei, no santuário. Se tu és por nós, quem será contra nós? Tu desdenhas do poder do mortal. Em ti, Senhor, minha alma se confiou para sempre. Em tua Bondade teu povo encontra alento. Seja bendito o teu nome, e levanta a tua herança sobre a Terra.