Português | English

Informativo

Pra quem deseja saber como é...

Pra quem deseja saber como é...

mim em cada Resposta que aqui eu cole. Exceto aqueles e-mails nos quais as pessoas já me enviam dando-me tal permissão ou ensejando essa liberdade.

-----Original Message-----
From: denise
Sent: sexta-feira, 11 de julho de 2003 12:01
To: contato@caiofabio.com
Subject: Não sei o quê...

Mensagem:

Fiquei alegre em receber a sua resposta, apesar de pensar que não aconteceria devido à demora.
Na segunda-feira abri o meu e-mail com toda expectativa de ter resposta, um conselho, mas nada...
Fiz o mesmo nos dois dias seguintes e não encontrei o que esperava.
Então preferi deixar pra lá e continuar tentando alguma solução sozinha, porém, fui surpreendida com o seu interesse alguns dias depois.
Está tudo tão machucado, tão dolorido, que acho que não consigo detalhar como estou.
Estive orando a Deus, pedindo que Ele realizasse um milagre e colocasse alguém pra me aconselhar.
Lembrei do senhor, mas não dá pra ser por e-mail.
Continuo sem saber o que fazer.
A minha cabeça tá confusa.
Parece que não tem espaço mais nem pra pensar.
O pior é que parece que tudo depende de uma atitude minha.
Não sei qual.

******************************
Resposta:

Fiquei tão triste, Denise!
Esse é o problema de ser o secretário de si mesmo e ter tanto e-mail para responder.
Entram dezenas, às vezes, centenas todos os dias.
Me envolvo em todos, mas em alguns muito mais.
A maior parte são saudações.
Então fica mais rápido de responder.
Mas há muitas situações bastante pessoais. Aí fica cada vez mais difícil de responder sem a ajuda de que necessito.
Ajuda, para mim, não é mais alguém ajudando a responder—perderia, para mim, a razão de ser—, mas bem mais organização de minha parte.
Estou estudando o modo de Separar os Encaminhamentos dos e-mails aqui no site.
Quem desejar dizer uma Olá, vai e entra em Saudação.
Quem quiser fazer um convite—e são vários, todos os dias—, vai e entra em Convite.
Quem precisar de urgência, vai para Urgente e Confidenciais.
E nessa última categoria, estou pensando em fazer algumas coisas On Line e com Hora Marcada.
Assim, eu não me sentirei mal por deixar um irmão ou uma irmã agoniados mais de um mês...sem receber uma resposta rápida.
Tenho me colocado no lugar de muitos que me escrevem, e não me sinto bem com a Demora.
Mas como não sei o que cada e-mail contêm, muitas vezes acabo me engatando em saudações, ou leituras de textos que carinhosamente me enviam—muitos me tem sido úteis e estão colados aqui no site—, e também abrindo a muitos convites que, aí sim, alguém poderia me ajudar a responder mais rápido e com mais eficiência.
Quem faz um convite não se importa se a Resposta é de “próprio punho”, ou própria tecla—mas sim com a objetividade: posso ou não posso...é apenas o que se quer saber. E disso acho que tenho larga experiência.
Em fim, preciso me organizar melhor. Quero falar do modo mais pessoal possível com todos. E não sou do tipo muito metódico. Tudo aqui é levado no peito e no coração.
Além disso, sinto um prazer muito grande em escrever os textos que aqui “colo” em vários lugares.
Com isto, minha querida Denise, não estou tornando sua dor menor, mas estou tentando expressar a você e a muitos, minha intenção verdadeira de ser sempre eu mesmo, e o mais pessoal possível em tudo o que fizer.
Estou também pensando em criar um Fórum aqui. Assim, as pessoas podem falar umas com as outras, discutir o site, as idéias, e desenvolver uma irmandade maior entre os milhares que me visitam aqui todos os dias.
Quero que eles se conheçam!
Poderá haver um rico e sadio Uns Aos Outros aqui no site.
É gente tão bonita, carinhosa, amiga e irmã—e há tantas afinidades entre quase todos—, que já tenho recebido solicitações para que as pessoas se reúnam e se conheçam melhor.
Então, por que não começarmos um Fórum em algum tempo?
O fato é que quem vem aqui e continua vindo, não vê mais a vida do mesmo modo.
Sei disso. É por isto que estou aqui. E que ninguém se iluda acerca de minhas intenções.
Isto aqui não Divulgação Pessoal. Sinceramente não estou nessa...talvez tenha estado na minha infância ministerial, pelo menos um pouquinho, mas isto nunca viveu em mim...passou como vontade de trabalhar para o Garfield.
De fato, minha motivação sempre foi a paixão pela Palavra de Jesus.
Portanto, ninguém espere de mim aqui uma Home Page de auto-promoção. De fato, não tenho tempo para isto.
Estou aqui com a missão existencial de ser humano e gente para meus irmãos e irmã que andam cansados de tanta fantasia e plasticidade e brincadeira espiritual.
O que ouço aqui é o testemunho de que não é você que acessa o site, é o site que acessa você.
Minha oração é que a Graça do Espírito visite o seu coração de cada pessoa.
E que haja Graça e Graça para todos!
E se você, querida Denise, achar que gostaria de me dar a chance de ouvir você, por favor, não desista e me escreva.
Digo isto com a impotência de um ser humano que deseja continuar a ser bem humano e pessoal para todo aquele que se sentir meu irmão.
E saiba: faço isto com lágrimas, risos, gratidão, compreensão, respeito, admiração, surpresa, prazer e muita alegria no Senhor e em Sua Graça, que reuniu de modo tão maravilhoso essa assembléia de irmãos e amigos tão especiais.
Um grande e carinhoso abraço.
Me escreva.
Nele, que nos Ouve e Socorre,

Caio