Português | English

Devocionais

ORAÇÃO PELO PRAZER DIVINO

ORAÇÃO PELO PRAZER DIVINO

Até quando, ó Senhor meu Deus, minha alma se sentirá como a sombra de um homem que foi esquecido pelo teu favor? Ó Deus meu, que não haja nenhum “para sempre” entre tua Graça e a minha alma. Que tu, ó meu Pai, não encontres modo de ti esconderes de meu clamor. Quero ver o teu rosto, pois, me animo em tua semelhança! Não quero andar como quem vigia o tempo todo a vereda por onde passa, carregando no coração antigas tristezas, nem tampouco ouvindo a voz daquele que se exalta impiedosamente sobre a minha vida. Que a cada mentira que disserem contra mim, tu me abençoes com tua verdade; que a cada desejo maligno sobre mim projetado, tu derrames sobre mim o favor de tua afirmação; que para todas as orações de Graça que por mim forem feitas, que tu faças vir sobre aquele que ora, Graça infinitamente maior que aquela que em meu favor ele busca diante de ti! Considera a minha pequenez e responde a minha oração, ó Senhor, Deus meu! Ilumina os meus olhos, pois já não refletem as luzes da esperança. Sim! ilumina minha alma com a luz da alegria, para que eu não durma ainda vivo o sono daqueles que já se foram para a morte. Derrama sobre mim a tua Graça pela manhã, anima-me com tua bondade durante à tarde, e concede-me o sossego de tua paz para que eu encontre descanso no meu próprio sono durante a noite. Eu confio na tua bondade, conheço teu prazer na misericórdia, por isto meu coração não perde alento, e meu espírito jamais vacila acerca de tua salvação. Minha boca não canta bem, mas minha alma compõe para ti as canções mais puras de meu ser. Ouve as canções de minha alma e deleita-te na minha perplexidade diante da majestade de todos os teus atos. Sorri para mim, ó Deus, como o Criador que se satisfaz com a alegria daquele a quem criou para o bem. Senhor, tu me tem feito muito bem. Por isto, minha alma é espontânea no teu louvor. Olha-me com prazer, ó Deus meu; e faze a luz de meu rosto resplandecer a tua bondade onde quer que eu vá. Levanta-te, ó Deus! Marcharei sob os teus comandos, dançarei nos ritmos de tua música, e saltarei como aqueles que celebram o troféu que todos esperavam como alegria comum. Assim eu te busco nesta manhã. Amém. Caio 22/07/03