Português | English

Devocionais

O Deus de Meu Cantinho!

O Deus de Meu Cantinho!

Deus meu! Tens meu coração em tuas mãos. E como é bom não ter mais nada entre mim e ti. Aliás, o que me revelaste em tua Palavra é que os meus pecados fazem separação de mim pra ti; nunca de ti para mim. Tu falavas com Adão. Adão é que se envergonhava e se escondia. Mas tu chegas bem juntinho. Tu não tens imunidade baixa. Aproximas-te e não te contaminas. Eu é que tinha medo. Eu é que não sabia quem tu eras. Como é bom te conhecer assim, tão amiga e intimamente! Como é delicioso viver em ti, sem questões e sem temores! Hoje quero trazer as oferendas das minhas gratidões. Recebe-as, todas elas. Tu continuas invisível para mim. Mas tu sabes que já não faz nenhuma diferença. Assalta a minha alma a alegria do teu conhecimento! Tua Graça me acalenta, me anima, e me faz fracamente forte! Sei que recolheste e que recolhes todas as minhas lágrimas. Cada um de meus suspiros te são conhecidos. Sinto que às vezes ris até de meus espirros. Quero apenas dizer-te, meu Deus, que valeu. Valeu, meu Senhor! Valeu mesmo, meu coração sabe disso! Obrigado por tudo o que me deixaste conhecer. Não fora tanta dor hoje não haveria tanto amor! Agrada-te de mim, dono de meu seu! Torna-me um bem-aventurado, e não imputa a mim qualquer transgressão, pois, eu creio em tua Graça. Recebe o beijo de todo o meu ser. Deixa-me mexer e mexer, até que eu encontre meu cantinho nesse teu delicioso descanso. Teu filho, e teu herdeiro em Jesus, teu Filho, Caio