Português | English

Devocionais

Eu Creio, Senhor Jesus!

Eu Creio, Senhor Jesus!

Se você crê, então, creia!
Não tem mais nenhum “mas”.
É assim que é!
Você pode crer?
***************************************************
Quem deu crédito à nossa pregação? e a quem se manifestou o braço do Senhor?
Pois Jesus crescendo como renovo perante Deus, e, aos nossos olhos, era como raiz que sai duma terra seca.
Jesus não tinha formosura nem beleza que agradasse aos caprichos humanos.
E quando olhávamos para Ele, nenhuma beleza víamos, para que o desejássemos.
Ele era o mais desprezado, e o mais rejeitado dos homens.
Ele era Homem de Dores, e experimentado nos sofrimentos.
E como aquele de quem os homens escondiam o rosto, Ele era desprezado, e não fizemos dele caso algum.
O que não sabíamos era que verdadeiramente Ele tomou sobre si as nossas enfermidades, e carregou sobre si mesmo todas as nossas dores.
Enquanto isto, nós o reputávamos por aflito, ferido de Deus, e oprimido.
Mas Ele foi ferido por causa das nossas transgressões, e esmagado por causa das nossas iniqüidades; o castigo que Hoje nos traz a paz estava sobre Ele, e pelas Suas pisaduras é que fomos sarados!
Isto porque todos nós andávamos desgarrados como ovelhas, cada um se desviava pelo seu próprio caminho...
Mas o Senhor fez cair sobre Jesus a iniqüidade de todos nós!

Jesus foi oprimido e afligido, mas não abriu a boca; como um cordeiro que é levado ao matadouro, e como a ovelha que é muda perante os seus tosquiadores, assim Ele não abriu a boca.
Pela opressão e pelo juízo dos homens Ele foi arrebatado!
E quem considerou que Ele estava sendo cortado da terra dos viventes, e estava sendo ferido por causa da transgressão de todos nós?
Sim! quem?
Mataram-no e deram-lhe uma sepultura com os perversos...
Mas foi assistido pelo rico na sua morte...
Assim aconteceu com Jesus, embora nunca tivesse cometido injustiça, nem houvesse engano na sua boca.
Apesar de tudo, era obra de Deus que assim fosse, pois, foi da vontade do Senhor esmagá-lo, fazendo-o enfermar.
Ele se deu como oferta pelo pecado, por isso é que viu e verá a sua posteridade, prolongará os seus dias, e a vontade do Senhor prosperará nas suas mãos.

Jesus vê o fruto do trabalho da sua alma, e fica satisfeito; alegra-se quando vê que a Palavra de Seu conhecimento justifica a muitos.
As nossas iniqüidades Jesus levou sobre si mesmo!

Pelo que o Pai lhe diz:
Eis que lhe darei o Seu quinhão com os grandes, e com os poderosos repartirá Ele o despojo; porquanto derramou a sua alma até a morte, e foi contado com os transgressores...
Mas Ele levou sobre si o pecado de muitos, e pelos transgressores intercedeu.
***************************************************

Eu creio Senhor!
Eu sei, meu Senhor!
Eu tomei posse de que sou Tua possessão, Senhor Jesus!
Agora vivo nessa Paz!
Caio