Português | English

Devocionais

DEUS HABITA ENTRE QUE LOUVORES?

DEUS HABITA ENTRE QUE LOUVORES?

 

 

 

 

 

DEUS HABITA ENTRE QUE LOUVORES?

 

 

 

 

Deus habita nos louvores de Seu povo.

 

No entanto, tais louvores não são cânticos como cânticos, mas adoração proveniente de corações quebrantados e contritos.

 

O louvor no qual Deus habita é toda expressão do ser (do coração) tomado de amor e gratidão; e que faz isso em humildade e simplicidade, pois, Deus não se “empolga” com cânticos sem coração, posto que o único instrumento que faz a voz do homem ouvida por Deus é o coração.

 

Deus habita entre louvores como louvor de passarinho.

 

Sim! O louvor que agrada a Deus é aquele que se assemelha à gratidão de passarinhos cantantes — só que como somos humanos, seria como o cantar de passarinhos conscientes da Graça que lhes trás provimento todos os dias.

 

Assim, quando se diz que Deus habita entre os louvores de Seu povo, não se fala de outro povo que não o povo quebrantado e contrito, e que louva não como o faziam os soldados de Alexandre, o Grande, ou de César, ou de qualquer outro conquistador.

 

O louvor a Deus é o gorjeio da alma simples e grata!

 

Na gritaria de canções para “Deus” que se assemelham à jactância dos que ganharam porque derramaram o sangue do inimigo, Deus mesmo não está.

 

Podem-se ajuntar milhões cantando e gritando, mas, se neles não houver a singeleza do louvor do gorjeio dos passarinhos, tais vozes não chegarão ao coração de Deus.

 

O louvor que enche o coração de Deus é simples, quebrantado, singelo, espontâneo, e não conhece performance.

 

O que passar disso é apenas exercício vocal feito pelo entusiasmo da carne e estimulado pela ufania da religião que diz: “Cante; pois Deus gosta de música e de canções que digam que “Ele” é o “máximo”.”.

 

Bobagem!

 

 

Caio

 

13/07/07

Lago Norte

Brasília