Português | English

Devocionais

DANDO ORDENS À ALMA

DANDO ORDENS À ALMA

 

 

 

 

 

DANDO ORDENS À ALMA

 

 

 

Quando o salmista disse “Bendize minha alma ao Senhor e tudo o que há em mim bendiga o seu santo nome” — para então depois acrescentar as razões para tal louvor; e que vinham do fato de que é Ele quem cura as nossas enfermidades, perdoa as nossas iniqüidades e da cova redime a nossa alma — ele falava de algo que seu espírito sabia, mas que sua alma, naquele dia e hora, não sentia.

 

É muito difícil saber com o espírito quando a alma não está sentindo de modo correspondente ao que se sabe.

 

Desse modo, o que o salmista diz ao exortar a sua alma, é que ela estava deprimida pela enfermidade, culpada de iniqüidades, e sentindo-se à beira da cova, em sentimento de profunda desesperança.

 

Mas veja que quando o espírito fala com a alma, e a ela se refere com carinho, porém com autoridade em fé, soa como se ele, o homem que escreve, estivesse forte, cheio de todas as certezas, alinhado em espírito e alma, quando, de fato, esta não é o fato existencial da hora.

 

Entretanto, o caminho da fé que anda em espírito [em verdade e na e da Verdade], tem que exercer autoridade sobre a alma, sobre as emoções e sentimentos; pois, os sentimentos soltos [sem a chancela da verdade] em si mesmos são os diabos para o caminho humano.

 

Assim, a espiritualidade do salmo é a espiritualidade do espírito e não da alma.

 

A “espiritualidade da alma” escreve poesias de desalento ou de euforia; posto que a alma tende à bipolaridade.

 

Porém, a espiritualidade do espírito [perdoe-me a redundância] é firme na fé, e não se entrega aos sentimentos, antes a eles dá ordens de gratidão consciente e sóbria.

 

Não permita que sua alma conte a história de sua vida!

 

Deixe que sua história seja contada pelo seu espírito!

 

Humanamente falando, pergunto: Quem opera o seu ser? Quem é a torre de controle? Quem é o que faz as decisões? Sua alma ou seu espírito? As emoções ou a consciência?

 

As emoções servem à alma. A consciência serve à fé.

 

Pense nisto!

 

 

Nele,

 

 

Caio

 

04/12/07

Lago Norte

Brasília

DF

Dia em que meu paizinho faria 83 anos.