Português | English

Devocionais

ANSIEDADE...

ANSIEDADE...

 

 

 

 

 

ANSIEDADE...

 

 

 

A ansiedade é uma Droga. Uma das piores que existem. Foi por esta razão que Jesus dedicou tanta atenção a ela.

 

Mateus 6 expressa bem a preocupação de Jesus com o poder adoecedor da ansiedade.

 

A ansiedade essencial é fruto da desconfiança básica de todo homem.

 

O que se crê é que ele, o homem, é o responsável pela sua própria vida e saúde, enquanto é ameaçado de todos os lados, tanto pela competição horizontal, como também pelo sentimento de abandono em relação a Deus.

 

Daqui nascem todos os males!

 

Então, entra em campo o time da ansiedade, com todos os seus infindos craques de angustia e surtos de insegurança e carência; e, paradoxalmente, tomado de ambição e desejos fantasiosos de segurança e poder.

 

Ansiedade gera neurose assim como também produz uma mente paranóica.

 

A pessoa cai no “responsabilismo neurótico”; ou, então, entra no estado de desconfiança essencial [paranóia], amedrontado em relação ao que possui, e que pode lhe ser tirado, tanto por homens, como por doenças ou pragas invisíveis.

 

Ora, essas coisas nascem da ansiedade assim como a retro-alimentam.

 

Então a ansiedade-neurótico-paranóica gera a Síndrome do Pânico, a Hipocondria, a Depressão e os surtos de perseguição ou de angustia e medo de morrer.

 

Na base de quase todas as enfermidades da mente está a desconfiança essencial.

 

Ora, a desconfiança essencial é a primeira filha da ansiedade do mesmo modo em que é a sua mãe.

 

Sim! Pois o ansioso cai na desconfiança essencial, e a insegurança essencial é o que gera ansiedade. É o ciclo da morte...

 

A cura para esse mal é a fé.

 

Por isso Jesus apenas mandou confiar no amor do Pai. E mostrou como é idiota pensar diferente. Afinal, pergunta Ele, quem pode o quê?

 

E mais do que confiar, Jesus disse que a cura total dessa ansiedade essencial vem de se buscar em primeiro lugar o reino de Deus em nós.

 

O reino de Deus em nós!...

 

O reino de Deus em nós é construído do material da confiança que o coração possua quanto ao amor de Deus por nós.

 

O reino cresce com amor!...

 

Sim! Ele só se dilata em nós pelo amor e pela confiança no amor de Deus!...

 

Quem crê que é amado pelo Amado, esse anda sem ansiedades...

 

Ora, isto muda até mesmo a configuração de nosso cérebro de suas produções químicas...

 

Muda tudo!

 

Você quer?

 

Jesus diria: “Vem e vê!” —; afinal, esse cardápio não é para ser conhecido, é para ser comido como vida — pela fé!

 

 

 

Nele, em Quem tudo já está Resolvido,

 

 

 

 

Caio

 

13/12/07

Lago Norte

Brasília

DF