Português | English

Devocionais

ANJOS SÃO ESPÍRITOS AMIGOS DE DEUS E DOS HOMENS!

ANJOS SÃO ESPÍRITOS AMIGOS DE DEUS E DOS HOMENS!

 

 

 

 

 

ANJOS SÃO ESPÍRITOS AMIGOS DE DEUS E DOS HOMENS!

 

 

 

Anjos são espíritos ministradores em favor dos que hão de herdar a salvação, nos diz a Escritura.

 

Sim! Anjos são espíritos!

 

E o que é um espírito?

 

Ora, ninguém sabe, sabendo-se apenas que um espírito é um ente cuja existência não acontece nos ambientes do tempo, do espaço e das energias mensuráveis por nossos aparatos ou sentidos.

 

Assim, quando a Escritura diz que anjos são espíritos, ela nos define a natureza dos anjos.

 

Anjo, de fato, apenas significa mensageiro.

 

Paulo diz em I Corintios 14 que os dons do Espírito Santo também são ministrados aos homens por espíritos. O “Espírito” concede, mas os anjos [espíritos] “ministram” tais dons aos homens.

 

A questão é que para o crente os anjos são seres totalmente estereotipados. Nem mesmo as descrições bizarras que a Bíblia faz de anjos, com semelhanças indefinidas e estranhas, são levadas a sério pelos crentes.

 

Até anjo para se manifestar ao crente precisa vir com a cara esperada pela religião. Se vier com outra cara o crente repreende o anjo em nome de Jesus.

 

Na realidade, os anjos estão presentes sempre em nosso mundo e ambientes.

 

Por vezes já os discerni de modo invisível, tanto quanto já os percebi de modo “disfarçado”.

 

Quando nossos sentidos se desentupirem, então, veremos como fomos acompanhados de dia e de noite, e, também, veremos a quantidade de perigos fora da hora que em nossas vidas foram evitados.

 

No entanto, se a Escritura fala de anjos, não o faz para que eles sejam invocados ou venerados, mas apenas para que se saiba dos cuidados divinos em nosso favor.

 

Ninguém tem que “chamar” anjo em socorro.

 

Quem confia em Deus conta com miríades de anjos.

 

Quem os comanda os anjos é Deus, e não o homem. Portanto, basta que eu confie no Senhor, pois, Ele é Quem decide que anjo e de que modo meu socorro vem.

 

Jesus mandou fazer amizade com anjos quando recomendou que mesmo o mais infiel dos administradores humanos assim procedesse, fazendo amizades entre homens e anjos (Lc 16).

 

Amizade com anjos decorre de nossa amizade com Deus e com os homens!

 

Quem anda em amor, justiça e fé torna-se amigo de Deus e dos homens; e, portanto, conta com profunda amizade de anjos no mundo invisível.

 

Pense nisso!

 

 

Caio

 

15 de dezembro de 2008

Lago Norte

Brasília

DF