100%
Um convite a doce revolução. Vem e Vê.
Google Play Baixe o aplicativo. O evangelho no toque do seu dedo!

TEXTOS > CLÁSSICOS

Tolerância

Uma lição de Tolerância

Marian Anderson canta no Memorial Lincoln, em 1939



Em 1939, a contralto americana Marian Anderson foi convidada para se apresentar na capital americana.  O local escolhido havia sido o Constitution Hall, uma sala de concertos mantida por uma sociedade filantrópica feminina chamada de Daughters of the American Revolution (Filhas da Revolução Americana).  Entretanto foi-lhe negado o uso da sala de concerto devido a cor da sua pele, e sua insistência que não houvesse segregação racial na platéia.  Sendo assim, ela decidiu realizar o concerto no domingo de páscoa de 1939, na frente do monumento memorial a Abraham Lincoln.  Ao concerto compareceram 75.000 pessoas incluindo o presidente Franklin Roosevelt e a primeira dama Eleanor Roosevelt, e o evento foi transmitido por radio com uma audiência de milhões.  Um trecho de documentário da época que mostra um pouco desse evento histórico está abaixo.





Ciro d'Araújo, 18 de Abril de 2009